Metodologia do Ensino da Matemática

Report
Prática de Ensino em Matemática I
Aula 04
Curso de Licenciatura em Matemática
Prof. M.S.c. Fabricio Eduardo Ferreira
[email protected]
Principais referências no Ensino de Matemática
Parâmetros Curriculares Nacionais : Matemática
Referência bibliográfica: BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais : Matemática – Secretaria de Educação Fundamental.
Brasília: MEC/SEF, 1997.
PCN
1ª Parte
Caracterização
da área da
Matemática
Aprender e
ensinar
Matemática no
E. Fundamental
Objetivos gerais
de Matemática
para o E.F.
2ª Parte
Os conteúdos
de Matemática
para o E. F.
Primeiro ciclo
Segundo ciclo
Orientações
didáticas
PCN : Matemática – 1ª Parte
1ª Parte
Caracterização
da área da
Matemática
Aprender e
ensinar
Matemática no
E. Fundamental
Objetivos gerais
de Matemática
para o E.F.
Os conteúdos de
Matemática para
o E.F.
Considerações
preliminares
Resolução de
Problemas
Números e
Operações
Breve análise da
trajetória das
reformas
História da
Matemática
Espaço e Forma
O conhecimento
matemático
Tecnologia da
Informação
Grandezas e
Medidas
Jogos
Tratamento de
Informação
PCN : Matemática – 2ª Parte
2ª Parte
Primeiro Ciclo
Segundo Ciclo
Orientações
didáticas
Números
Naturais e
S.N.D.
Números
Naturais e
Racionais
S.N.D., N e Q
Operações
em N
Operações
em N e Q
Operações
em N e Q
Espaço e
Forma
Espaço e
Forma
Espaço e
Forma
Grandezas e
Medidas
Grandezas e
Medidas
Grandezas e
Medidas
Tratamento de
Informações
Tratamento de
Informações
Tratamento de
Informações
Proposta Curricular do Estado de São Paulo : Matemática
Referência bibliográfica: SÃO PAULO. Proposta Curricular do Estado de São Paulo : Matemática. São Paulo: SEE/SP, 2008.
1ª Série
Números
Operações
Tratamento
de
Informação
Espaço e
Forma
Grandezas e
Medidas
2ª Série
3ª Série
4ª Série
Localizar
pessoas e
objetos no
espaço;
Representar a
localização de
um objeto ou
uma pessoa;
Interpretar e
representar no
plano a
localização e
movimentação;
Construir
itinerários;
Identificar a
movimentação
de pessoas ou
objetos no
espaço;
Representar a
movimentação
de um objeto ou
de uma pessoa;
Reconhecer
semelhanças e
diferenças entre
corpos
redondos;
Reconhecer
semelhanças e
diferenças nos
poliedros;
Observar e
reconhecer
figuras
geométricas
tridimensionais.
Diferenciar
figuras
tridimensionais
de
bidimensionais;
Reconhecer
semelhanças e
diferenças nos
poliedros;
Identificar
semelhanças e
diferenças entre
polígonos;
Perceber as
semelhanças e
diferenças entre
cubo e
quadrado.
Explorar
planificações.
Compor,
decompor,
ampliar e reduzir
figuras planas
Prova Brasil e Saeb
Referência: PROVA BRASIL. Disponível em: <provabrasil.inep.gov.br>. Acesso em: 07 de fevereiro de 2013.
Histórico: 1990 à 1993 (amostra), 1995 à 2005 (com outras disciplinas), a partir de 2005 composto de Aneb
(Avaliação Nacional da Educação Básica) e Anresc (Avaliação Nacional do Rendimento Escolar – Prova Brasil).
Periodicidade: a cada dois anos (final ímpar).
Turmas avaliadas: 5º ano e 9º ano do Ensino Fundamental, redes pública e privada.
Disciplinas: Língua Portuguesa e Matemática.
Conteúdos: matriz de referência por disciplina.
Método de aferição: escalas de desempenho para cada disciplina.
Matriz de Matemática do 5º ano do E. F. (Prova Brasil)
Tema I : Espaço e Forma
• D1 – Identificar a localização / movimentação de objetos em mapas, croquis e outras
representações gráficas;
• D2 – Identificar propriedades comuns e diferenças entre poliedros e corpos redondos,
relacionando figuras tridimensionais com suas planificações;
• D3 – Identificar propriedades comuns e diferenças entre figuras bidimensionais pelo número de
lados, pelos tipos de ângulos;
• D4 – Identificar quadriláteros observando as posições relativas entre seus lados (paralelos,
concorrentes, perpendiculares);
• D5 – Reconhecer a conservação ou modificação de medidas de lados, do perímetro, da área em
ampliação e/ou redução de figuras poligonais em malhas quadriculadas.
Escala de desempenho de matemática 5º ano do E. F. (Prova Brasil)
Nível 0
(< 125)
Nível 1
(125 à 150)
Resolvem
problemas de
cálculo de área
com base em
contagem.
Nível 2
(150 à 175)
Nível 3
(175 à 200)
Níveis 4 ao 9
(200 à 350)
Nível 10
(350 à 375)
Reconhecem o
valor posicional
dos algarismos;
Calculam
resultado de
adição com três
algarismos;
Estimam a
medida de
grandezas;
Fazer adição
com reserva;
Lê informações
em gráficos de
colunas;
Localizam
informações em
mapas;
Identificam
propriedades
comuns e
diferenças entre
polígonos;
Multiplicar e
dividir com dois
algarismos;
Interpreta mapa
que representa
itinerário.
Reconhecem a
escrita por
extenso de
números;
Calculam o
resultado de
uma divisão de
números
naturais.
Somas e subtrair
números
decimais;
Trabalhar com
frações
Resolvem
problemas
relacionando
diferentes
unidades
Saresp
Referência: SARESP. Disponível em: <saresp.fde.sp.gov.br/2012/>. Acesso em: 07 de fevereiro de 2013.
Sigla: Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo
Histórico: criado em 1996, reformulado em 2008.
Periodicidade: anual.
Turmas avaliadas: 2ª, 4ª, 6ª, 8ª séries do E. F. e 3º ano do E. M., estadual (obrigatório) e municipal (adesão).
Disciplinas: Língua Portuguesa e Matemática (anuais), ciências da natureza e ciências humanas (anos alternados).
Conteúdos: matriz de referência por disciplina.
Método de aferição: escalas de desempenho para cada disciplina.
Matriz de Matemática do 4ª série do E. F. (Saresp)
Tema 3 – Grandezas e Medidas
Grupo I
(Comp. observar)
H21 –
Identificar
horas e
minutos, por
meio da leitura
de relógios
digitais e de
ponteiro;
H22 –
Reconhecer
unidades de
medida usuais
de
comprimento,
de superfície,
etc.
Grupo II
(Comp. Realizar)
H23 – Estimar
a medida de
grandezas;
H24 – Efetuar
cálculos com
cédulas e
moedas;
H25 –
Estabelecer
relações entre
unidades de
tempo.
Grupo III
(Comp. Compreender)
H26 – Resolver
problemas
utilizando
unidades
padrão;
H27 – Resolver
problemas que
envolvam o
cálculo de
perímetro;
H28 – Resolver
problemas que
envolvam o
cálculo de
áreas.
Escala de desempenho de matemática 4ª série do E. F. (Saresp)
Classificação
Insuficiente
Suficiente
Nível
Descrição
Abaixo do Básico (<150)
Os alunos neste nível, demonstram
domínio insuficiente dos conteúdos,
competências e habilidades desejáveis
para o ano/série escolar em que se
encontram.
Básico (150 a < 200)
Adequado (200 a < 250)
Avançado
Avançado (≥ 250)
Os alunos, neste nível, demonstram
domínio mínimo dos conteúdos...
Os alunos, neste nível, demonstram
domínio pleno dos conteúdos...
Os alunos, neste nível, demonstram
domínio dos conteúdos, competências e
habilidades acima do requerido...
Para refletir
1) Quais são os dois principais documentos norteadores sobre o ensino da Matemática para o Ensino Fundamental?
2) Quais são as principais metodologias recomendadas pelos P.C.N.s para o ensino da Matemática?
3) Como estão organizados os conteúdos de Matemática nos P.C.N.s?
4) Qual é a principal diferença entre a organização dos conteúdos de Matemática sugerida pela Proposta Curricular
do Estado de São Paulo em relação àquela proposta pelos P.C.N.s?
5) Quais são as principais avaliações institucionais feitas para avaliar o ensino e a aprendizagem de Matemática?
6) O que é a Matriz de Referência Curricular de Matemática? Como ela está organizada? O que são descritores?
7) O que é Escala de Proficiência de Matemática? Como estão organizados seus níveis?
8) Compare a metodologia de avaliação da Prova Brasil com aquela proposta pelo Saresp.

similar documents