UFRJ - Dermato.med

Report
58811341
Sobreposição de
líquen plano e líquen escleroso
em portadora de hepatite C
Gustavo Moreira Amorim
Gisele Cerutti
Beatriz Moritz Trope
Tullia Cuzzi
Cecilia Lagalhard
Lucia Maria Soares de Azevedo
Serviço de Dermatologia, Curso de Graduação e Pós-Graduação HUCFF-UFRJ,
Faculdade de Medicina - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Sobreposição de líquen plano e líquen escleroso em portadora de hepatite C
INTRODUÇÃO
•
O vírus da hepatite C (HCV) é um RNA vírus, identificado em 1989. 3,2 milhões de
indivíduos infectados no Brasil1. Transmissão principalmente via parenteral. É comum
sua cronificação silenciosa, diagnosticada por rastreio sorológico
•
Hepatite associa-se a uma variedade de doenças, inclusive dermatológicas. São
exemplos frequentes crioglobulinemia mista, porfiria cutânea tarda e Líquen Plano
(LP)
•
LP e líquen escleroso (LE) são dermatoses inflamatórias crônicas de caráter
imunológico com algumas características clínicas, histológicas e epidemiológicas
semelhantes, embora consideradas pela maioria como entidades distintas
•
Associação entre LP e HCV está bem estabelecida, entretanto o mesmo não se pode
afirmar em relação ao LE e, ainda menos frequente, é a associação dessas três
condições
Sobreposição de líquen plano e líquen escleroso em portadora de hepatite C
RELATO DE CASO
• Paciente feminina, 59 anos, branca
• 4 anos atrás:
– placas eritemato-pruriginosas, regiões cervical e retro auriculares;
evoluíram com atrofia e discromia central (Figura 1); histopatológico
confirmou a impressão clínica de LP atrófico (Figura 2)
• 2 anos atrás:
– erosões dolorosas na cavidade oral, de padrão reticular, mucosa jugal
bilateral, língua despapilada e atrófica; hipótese de LP oral (Figura 3),
corroborada pelo histopatológico (Figura 4)
– Diagnóstico HCV, com hepatite crônica à biópsia hepática, iniciando
tratamento com interferon alfa peguilado associado à ribavirina
Sobreposição de líquen plano e líquen escleroso em portadora de hepatite C
RELATO DE CASO
• 1 ano atrás:
– eritema vulvar, fissura, área hipocromica, algo decamativa, associada a
desconforto local; impressão LE, confirmada no histopatológico (Figura
5)
• Evoluiu satisfatoriamente com negativação da carga viral HCV; quadro
cutâneo mucoso controlado com corticoterapia tópica e emolientes
4 anos atrás
Figura 1: Placas eritemato-pruriginosas que
evoluíram com atrofia e discromia central
Figura 2: Histopatológico que confirmou a
impressão clínica de LP atrófico
2 anos atrás
Figura 3: LP oral
Figura 4: Histopatológico de LP oral
1 ano atrás
Figura 4:
Histopatológico de LE
Sobreposição de líquen plano e líquen escleroso em portadora de hepatite C
DISCUSSÃO
•
É notável que o LP e o LE dividem algumas características clínicas e
patogênicas semelhantes. Ainda sim, a associação é incomum
•
Alguns casos relatam uma sobreposição entre essas condições,2,3 inclusive
até propondo que LP e o LE representam um espectro de uma mesma
doença4
•
A partir das primeiras observações, diversos estudos reforçaram o achado
da relação entre LP e HCV, tornando-a consistente. Já no caso do LE,
apesar de já ter sinto aventada5, não existe confirmação
Sobreposição de líquen plano e líquen escleroso em portadora de hepatite C
DISCUSSÃO
•
Propõe-se que as lesões possam ser causadas pela replicação viral na pele
e em mucosas ou que sejam produto de uma reação imune mediada
induzida pelo HCV
•
Rara associação, encontrado apenas um relato de paciente que apresentava
a sobreposição LP e LE em portador do HCV3
•
Ainda carecemos de evidências científicas bem fundamentadas para
buscarmos essa associação com mais afinco
Sobreposição de líquen plano e líquen escleroso em portadora de hepatite C
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
1. Bonkovsky HL, Mehta S. Hepatitis C: A reviem and update. J Am Acad Dermatol. 2001; 44:159-79.
2. Marren P, Millard P, Chia Y, Wojnarowska F. Mucosal lichen sclerosus/lichen planus overlap syndromes. Br
J Dermatol. 1994; 131(1):118-23.
3. Yashar S, Han KF, Haley JC. Lichen sclerosus-lichen planus overlap in a patient with hepatitis C virus
infection.Br J Dermatol. 2004; 150:168.
4. Holmes SC, Burden AD. Lichen sclerosus and lichen planus: a spectrum of disease? Report of two cases
and review of the literature. Clin Exp Dermatol. 1998; 23:129-31.
5. Pugliese JM, Morey AF, Peterson AC. Lichen sclerosus: Review of the literature and current
recommendations for management. J Urol. 2007; 178:2268-76.

similar documents