Organização do Trabalho Pedagógico - UNIDADE I

Report
Organização do Trabalho Pedagógico
Prof. Cleyton Machado de Oliveira
Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI
INSTITUTO DIMENSÃO
Organização do Trabalho Pedagógico
UNIDADE 1 – AS TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS NA PRÁTICA
ESCOLAR
•
PROCESSO HISTÓRICO E SOCIAL DAS TENDÊNCIAS
PEDAGÓGICAS
• MÉTODO DIALÉTICO
• A PEDAGOGIA HISTÓRICO-CRÍTICA E O TRABALHO PEDAGÓGICO
DO EDUCADOR
UNIDADE 2 – PLANEJAMENTO
•
•
•
O PLANEJAMENTO E SUAS DIVERSAS CONCEPÇÕES
FASES DO PLANEJAMENTO DE ENSINO
NÍVEIS DE PLANEJAMENTO
UNIDADE 3 – AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM
• AVALIAÇÃO
• AS MODALIDADES E FUNÇÕES DA AVALIAÇÃO: MODALIDADES
AVALIATIVAS
• TÉCNICAS E INSTRUMENTOS AVALIATIVOS: O ATO DE AVALIAR
Organização do Trabalho Pedagógico
UNIDADE 1 – AS TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS NA PRÁTICA ESCOLAR
• Classificar as tendências pedagógicas, identificando pressupostos teóricos que
embasam o trabalho docente;
Reconhecer a matriz teórica que embasa o método dialético e o uso deste em sala de
aula;
Compreender a pedagogia histórico-crítica, refletindo sobre o caráter histórico e social
do desenvolvimento da sociedade, bem como, sobre o papel do professor neste
processo.
Organização do Trabalho Pedagógico
...as tendências pedagógicas foram muito influenciadas pelo contexto político,
econômico e ideológico de uma determinada nação...assim existem várias concepções
de aprendizagem que adentraram ou ainda adentram a escola brasileira e que estão
fundamentadas em diferentes teorias epistemológicas as quais subsidiam o professor
em sua prática pedagógicas...
Organização do Trabalho Pedagógico
Rousseau, Pestalozzi, Herbart e Froebel foram educadores que se destacaram com
ideias iluministas durante o século XIX e pelas inovações que propuseram, de modo
especial, no campo da educação das crianças.
JEAN-JACQUES ROUSSEAU
(1712-1778)
Pedagogia da existência
obra Emílio (1762)
“Tudo é bom ao sair das mãos
do autor da natureza; mas tudo
se degenera nas mãos do
homem”.
... a natureza humana seria
essencialmente má e caberia
à educação destruir sua natureza
original...
JOHANN HEINRICH PESTALOZZI
(1746-1827)
Pestalozzi tentou colocar em prática
e desenvolver
as ideias de Rousseau sobre
educação
A época de aprender não é época
de julgamento e crítica.
O ensino deve ter por alvo o
desenvolvimento e não a exposição
dogmática
O mestre deve respeitar a
individualidade do aluno.
JOHANN HEINRICH HERBART
(1776-1841)
A educação só é possível na
medida em que se desperta o
interesse dos alunos
Método:
• Preparação
• novo conhecimento
• A assimilação ocorre por
comparação do novo com o
velho
Organização do Trabalho Pedagógico
FRIEDRICH FROEBEL (1782-1852)
A grande contribuição de Froebel
para a educação foram seus estudos
e aplicações práticas acerca dos
jardins de infância
A atividade lúdica é privilegiada
Organização do Trabalho Pedagógico
LIBERALISMO
...preparar os indivíduos para o
desempenho social...
PROGRESSISTAS...
...reflexão sobre as finalidades
sociopolíticas da educação...
Organização do Trabalho Pedagógico
Organização do Trabalho Pedagógico
Organização do Trabalho Pedagógico
MÉTODO DIALÉTICO
Prática
Social
Teoria
Realidade
Marx funda então uma nova visão e
interpretação do mundo, refletindo sobre a
realidade humana e sobre o homem como
produto e produtor de uma vida concreta e
determinada em que o mundo real é
resultante de ações reais...
O método histórico-dialético tem três
elementos fundamentais: a afirmação (tese), a
negação (antítese) e a superação (síntese).
PRÁTICA SOCIAL
Organização do Trabalho Pedagógico
MÉTODO DIALÉTICO
...o professor deve ser um facilitador, um motivador
da aprendizagem, aquele que colabora para que seu
aluno chegue aos seus objetivos. ..
Podemos então apontar como características da
mediação pedagógica:
• Diálogo.
• Troca de experiência.
• Orientação na carência e dificuldades técnicas.
• Propor situações problemas e desafios.
• Incentivar reflexões.
• Criar intercâmbio entre aprendizagem e sociedade.
• Colocar o aprendiz frente a frente com questões
éticas, sociais, profissionais por vezes conflitivas,
colaborar para o desenvolvimento do senso crítico.
• Ter claro que nem todos aprendem do mesmo
modo.
Organização do Trabalho Pedagógico
MÉTODO DIALÉTICO
Práxis é a reflexão e ação dos homens
sobre o mundo para transformá-lo. Sem
ela, é impossível a superação da
contradição opressor-oprimido.
É uma ação com reflexão, com retorno.
A educação, portanto, é um movimento intencional que se
realiza em um contexto histórico, em que indivíduo e sociedade
devem ser tomados como uma só realidade que se movimenta
e se transforma através das relações que a historicidade
determina. Dessa forma, a educação está sempre referida a
uma sociedade concreta e historicamente situada.
Organização do Trabalho Pedagógico
PEDAGOGIA HISTÓRICO CRÍTICA
Nesta mesma Tendência Pedagógica encontrase a concepção de aprendizagem
sociointeracionista de Vygotsky...
...fundamentada no Materialismo Histórico-dialético, que
considera o sujeito e sua apropriação do conhecimento
historicamente acumulado através da linguagem,
reelaborando-a na sua atuação com o meio e com os outros,
para a partir daí, construir novos conhecimentos.
Organização do Trabalho Pedagógico
TENDÊNCIA PROGRESSISTA “CRÍTICO SOCIAL DOS CONTEÚDOS”
A pedagogia histórico-crítica propõe:
1. A união entre trabalho intelectual e manual (pensar
e fazer);
2. A união entre estudo e trabalho produtivo;
3. A formação politécnica;
4. A formação integral do ser humano;
5. A formação para a cooperação;
6. Uma educação para formar o cidadão autônomo,
crítico, participativo e engajado em sua
comunidade visando à superação de sua situação
inicial.
Organização do Trabalho Pedagógico
MÉTODO DIALÉTICO
Prática Social
Final
Catarse
Instrumentalização
Prática Social
Inicial
Problematização
Organização do Trabalho Pedagógico
MÉTODO DIALÉTICO
...a PRÁTICA SOCIAL INICIAL e os conhecimentos que aluno e
professor já têm sobre o conteúdo trata-se de uma preparação...
O segundo passo é a PROBLEMATIZAÇÃO, que é a explicitação dos principais
problemas da prática social...INTERROGAÇÕES...
INSTRUMENTALIZAÇÃO...é nesta fase que, de fato, ocorre a aprendizagem do
conhecimento científico, ou seja, dos conceitos científicos
A catarse é a síntese do cotidiano e do científico, do teórico e do prático a que o
aluno chegou...expressa a sua nova maneira de ver o conteúdo e prática social...
A prática social final, em seus fundamentos teóricos, é a ocasião em que o aluno comprova
através de ações ou intentos que aquele conteúdo vivido, problematizado, teorizado e
sintetizado mentalmente, agora é capaz de modificar a sua existência.
Organização do Trabalho Pedagógico
TENDÊNCIA PROGRESSISTA “CRÍTICO SOCIAL DOS CONTEÚDOS”
O QUE É
FOTOSSÍNTESE?????
PRÁTICA SOCIAL INICIAL
O que você sabe sobre FOTOSSÍNTESE???
Organização do Trabalho Pedagógico
TENDÊNCIA PROGRESSISTA “CRÍTICO SOCIAL DOS CONTEÚDOS”
PROBLEMATIZAÇÃO
Fotossíntese é o processo de respiração
das plantas?
Esse processo é fundamental para
manter a vida no planeta?
Ocorre a transformação de energia
luminosa em energia química?
Existe alguma organela especial nas
células vegetais para que isso ocorra?
Quais as consequências para a
biodiversidade quando perdemos
florestas e outros recursos florísticos?
INSTRUMENTALIZAÇÃO
Organização do Trabalho Pedagógico
TENDÊNCIA PROGRESSISTA “CRÍTICO SOCIAL DOS CONTEÚDOS”
INSTRUMENTALIZAÇÃO
Organização do Trabalho Pedagógico
TENDÊNCIA PROGRESSISTA “CRÍTICO SOCIAL DOS CONTEÚDOS”
CATARSE
PRÁTICA SOCIAL
FINAL

similar documents