Aula8 – Equipamentos de Redes – Cabeamento

Report
Cabeamento por
“PAR TRANÇADO”
Twisted pair
Histórico
Nos anos 90 era muito comum encontrar
rede de computadores usando cabo coaxial.
Isso se dava pelo fato de ser uma rede mais
fácil de ser instalada pois o cabo era parecido
com o cabo de antena de televisão e poderia
ser instalado em qualquer local sem
problemas com interferências. Com o avanço
das redes de computadores, aumentando sua
taxa de transferência, o cabo coaxial começou
a ser substituído pelo cabo par trançado.
Cabos de par trançado e coaxial
Vantagem do cabo coaxial sobre
par trançado
Par trançado x Coaxial: Disse
anteriormente que cada uma destas
categorias de cabos possui algumas vantagens
e desvantagens. Na verdade, o coaxial possui
bem mais desvantagens do que vantagens em
relação aos cabos de par trançado, o que
explica o fato dos cabos coaxiais serem cada
vez mais raros.
Par trançado
O cabeamento por par trançado (Twisted pair) é
um tipo de cabo que tem um feixe de dois fios no qual
eles são entrançados um ao redor do outro. A taxa de
giro (normalmente definida em termos de giros por
metro) é parte da especificação de certo tipo de cabo.
Quanto maior o número de giros, mais o ruído é
cancelado. Foi um sistema originalmente produzido
para transmissão telefônica analógica que utilizou o
sistema de transmissão por par de fios. Aproveita-se
esta tecnologia que já é tradicional por causa do seu
tempo de uso e do grande número de linhas instaladas.
As cores dos fios são:
•
•
•
•
•
•
•
•
Laranja e branco
Laranja
Verde e branco
Azul
Azul e branco
Verde
Castanho (ou marrom) e branco
Castanho (ou marrom)
Formação dos cabos
Montagens
A norma “EIA/TIA-568-B” prevê duas
montagens para os cabos, denominadas T568A e
T568B.
• A montagem T568A usa a sequência branco e
verde, verde, branco e laranja, azul, branco e
azul, Laranja, branco e castanho, castanho.
• A montagem T568B usa a sequência branco e
laranja, laranja, branco e verde, azul, branco e
azul, verde, branco e castanho, castanho.
Cabo de par trançado: Direto.
As taxas usadas nas redes com o cabo
par trançado são:
• 10 Mbps (Ethernet);
• 100 Mbps (Fast Ethernet)ou
• 1000 Mbps (Gigabit Ethernet).
Existem três tipos de cabos de par
trançado.
Unshielded Twisted Pair - UTP ou Par
Trançado sem Blindagem: é o mais usado
atualmente tanto em redes domésticas
quanto em grandes redes industriais devido
ao fácil manuseio, instalação, permitindo
taxas de transmissão de até 100 Mbps ; é o
mais barato para distâncias de até 100
metros
• Shield Twisted Pair - STP ou Par Trançado
Blindado (cabo com blindagem). É semelhante
ao UTP. A diferença é que possui uma blindagem
feita com a malha metálica. É recomendado para
ambientes com interferência eletromagnética
acentuada.
• Screened Twisted Pair - ScTP também
referenciado como FTP (Foil Twisted Pair), os
cabos são cobertos pelo mesmo composto do
UTP categoria 5 Plenum, para este tipo de cabo,
no entanto, uma película de metal é enrolada
sobre cada par trançado
STP – SCTP - UTP
Cabos: direto e crossover
É importante que a sequência de cores seja
respeitada ao se montar um cabo. Caso contrário,
pode haver perda parcial ou total de pacotes,
principalmente em cabos de mais de 3 metros.
Um cabo cujas duas pontas usam a mesma
montagem é denominado “Direto”, e serve para
ligar estações de trabalho e roteadores a switches
ou hubs. Um cabo em que cada ponta é usado
uma das montagens é denominado “Crossover”,
e serve para ligar equipamentos do mesmo tipo
entre si.
Cabo de par trançado: crossover
A distância entre os cabos
Existem também limites de comprimentos
para esse tipo de cabo. Quando o cabo é
usado para transmissão de dados em
Ethernet, Fast Ethernet ou Gigabit Ethernet, o
limite para o enlace. Caso seja necessário
interligar equipamentos a distâncias maiores,
é preciso usar repetidores, ou instalar uma
ponte de rede ou switch no meio do caminho,
de forma que cada enlace tenha no máximo
100 metros.
Crossover
Um cabo crossover, é um cabo de rede par
trançado que permite a ligação de dois
computadores pelas respectivas placas de
rede sem a necessidade de um concentrador.
A ligação é feita com um cabo de par
trançado onde tem-se: em uma ponta o
padrão T568A, e, em outra, o padrão T568B
Crossover
Alicate
Montagem do cabo de par trançado
Montagem do cabo de par trançado.

similar documents