Abordagem Marxista

Report
Abordagem Marxista:
Estado e Políticas Sociais
Julio Cesar Francisco
GEPLAGE
Análise
das
políticas
Formas
e
funções
do
Identificação
do
Sociais
no
capitalismo
Estado
capitalista
e
suas
capitalismo nas estruturas
manifestações
do Estado nas
polítcas públicas
Observação Importante:
Na Marx
obra do
próprio Marx
se preocupou
emnão
há
uma preocupação
mostrar
as raízes das
particular com
análise
desigualdades
e daaexploração
das políticas
sociais no
inerentes
às sociedades
Capitalismo
capitalistas
DIVISÃO DE CLASSES
Reprodução
do modo de
vida Capitalista
Representante dos interesses sociais
Apontamentos de Marx:
No capitalismo
existe possibilidades
Ferramentas:
de amenizar as desigualdades;
O Estado é o representante da sociedade
Educação: os direitos sociais;
e, por isso, reconhece
Contradição
as condições
O Instrumento
poder públicodetenta
apoiogarantir
na organização
geraiseda
e reprodução
naprodução
luta por uma
sociedadeda ordem.
mais justa
Própria do
Sistema
Acabou produzindo um
“espaço público de regulação”
Estado Capitalista
Possibilidade
Transformação
BOLSA
FAMÍLIA
COTAS
AUXILIO
RECLUSÃO
E
S
T
A
D
O
M
A
R
X
S
T
A
Qual o significado do
ESTADO?
E
S
T
A
D
O
M
A
R
X
I
S
T
A
Interpretação
ESTADO
Econômico
Político
Ideológico
Variantes Teóricas
“Lógica
Do
Um vez que o dinamismo deste processo
3. O Real significado
Capital”
é a lei da tendência decrescente da taxa
de lucro, como um fator condicionante
no desenvolvimento do ESTADO
Desvelar
1. Preocupação - mostrar
Funções
do
Estado
3. Cujo objetivo
2. Associados
Acumulação
do
Capital
Investigação
Sociedade
1. NATUREZA
Trabalho como toda ação que transforma
a natureza para garantir as condições de
Produção
sobrevivência e existência do ser
Força -Trabalho
humano
Auto
Destrutiva
4. ASSEGURAR
2. NECESSÁRIO
3. CONTER
Desordem
Políticas
Se é verdade que o trabalho
transforma, então por que existe a
dificuldade de superação das relações
de exploração que são próprias do capitalismo?
• Trabalho
Práxis
• Material
• Imaterial
• Alienado
2 dimensões
Práxis produtiva e
Reprodutiva das
desigualdades
Homem
Consciência
Estruturalismo
(Althusser)
ESTADO como o
centro do poder
político das classes
dominantes
POULANTZAS
(político)
Análise do ESTADO
Hegemonia
(Gramsci)
Interesse geral
Estratégia pensada pela dominação
hegemônica em busca do “consenso”
Interesse geral
Nessa perspectiva, houve uma ampliação do significado do ESTADO
Luta de
Classes
Estrutura
capitalista
Deu origem ao Estado
burguês, em que os
interesses das classes
subalternas estão
representados
Portanto, conclui-se que:
A luta de classes existente dentro
das estruturas do Estado revela
que as estratégias de dominação
hegemônica das classes
dominantes estão sendo mais
efetivas, quando
comparadas com as dos grupos
subalternos
Em contrapartida Claus Offe questiona:
Como garantir que o
Estado está a serviço da
dominação de classe?
Claus dá uma resposta:
“Mecanismo
1. Estudar
de
Seletividade”
Caráter de
dominação
Política
ESTADO
2. São dispositivos
Formuladores
de
Políticas Públicas
3. Desvelar
4. Comprovaria
Excluem os
Interesses
anticapitalistas
Atuação desses
Mecanismos
Mecanismo
Seletividade
São
encontrados
Política
Ideologia
Cultura
Aparelho
Repressivo
Essa abordagem revela:
O Estado não está
a serviço e nem é
um instrumento de
uma classe.
Pois o Estado não defende os interesses
particulares de uma classe,
mas sim os interesses comuns
de todos os membros de uma sociedade
capitalista de classes.
OBRIGADO
[email protected]

similar documents