Lesões sarcoidose-símile na paracoccidioidomicose

Report
Lesões sarcoidose-símile
na paracoccidioidomicose:
relato de dois casos
Júlia Gomes Côrtes, Tiyomi Akiti
Danielle Carvalho Quintella
Nurimar C. Fernandes, Tullia Cuzzi
Serviço de Dermatologia, Curso de Graduação e Pós-Graduação HUCFF-UFRJ,
Faculdade de Medicina - Universidade Federal do Rio de Janeiro
Ausência de conflito de interesse
Lesões sarcoidose-símile na paracoccidioidomicose: relato de dois casos
CASO CLÍNICO 1
• ID: Masculino, 56 anos, operador de máquinas, natural e procedente de
Itatiaia (área urbana) - RJ
• QP: “Lesões na pele”
• HDA: Iniciou quadro em novembro de 2012 com adenomegalia cervical
supurada e febre.
• O linfonodo foi biopsiado com resultado inconclusivo.
• Após 6 meses apresentou placas eritemato violáceas infiltradas em face,
tronco e membros. Sem lesões em mucosa oral. Foi feita agora uma
biópsia de pele.
• HPP: NDN
• Exame físico: Sem alterações
HP de pele: HE 10 x demostrando processo
granulomatoso, com células multinucleadas
Elementos fúngicos redondos
na coloração pela prata
Microscopia da cultura na
fase leveduriforme:
células leveduriformes
com gemulação múltipla
compatível com
paracoccidioidomicose
Lesões sarcoidose-símile na paracoccidioidomicose: relato de dois casos
CASO CLÍNICO 2
• ID: Masculino, 49 anos, metalúrgico, natural e procedente de Nova
Iguaçu (área urbana) - RJ
• QP: “Lesões no rosto”
• HDA: Paciente apresentou placas eritemato infiltradas encimadas por
crostas com alguns pontos hemorrágicos, localizadas somente na face
em Julho de 2013. Não apresentava lesões na mucosa oral. Foi
realizada biópsia de pele.
• HPP: NDN
• Exame Físico: Sem alterações
Elementos fúngicos redondos de tamanhos
variados na coloração pela prata
Exame micológico direto: célula leveduriforme
com brotamento múltiplo compatível com
paracoccidioidomicose
Lesões sarcoidose-símile na paracoccidioidomicose: relato de dois casos
DISCUSSÃO
• Diante da clínica, histopatológico e micológico concluímos que ambos os
casos se tratavam de paracoccidioidomicose forma crônica do adulto
• No primeiro caso o tratamento instituído foi com itraconazol 200 mg/dia
por 12 a 18 meses e no segundo caso utilizamos como terapêutica
sulfametoxazol + trimetoprim (8 a 10 mg/kg/dia) por 3 meses, duas vezes
ao dia, e depois metade da dose até completar 12 meses
Lesões sarcoidose-símile na paracoccidioidomicose: relato de dois casos
DISCUSSÃO: PARACOCCIDIOIDOMICOSE
• Doença descoberta pelo brasileiro Adolpho Lutz em 1908
• Micose sistêmica causada por fungo dimorfo
• Distribuição geográfica: Centro e Sudoeste
• Sexo masculino, 30-50 anos, trabalham com manejo do solo
• Lesões Cutâneas: papulosa, vegetante, ulcerada
Em apresentações menos usuais,
as lesões podem ser em placa, simulando sarcoidose,
ou outras doenças anulomatosas
Lesões sarcoidose-símile na paracoccidioidomicose: relato de dois casos
MOTIVOS DA APRESENTAÇÃO
• Demonstrar uma forma incomum de apresentação clínica de doença
prevalente em nosso país
Lesões sarcoidose-símile na paracoccidioidomicose: relato de dois casos
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
1. Shikanai-Yasuda MP, Telles Filho FQ, Mendes RP, Colombo AL, Moretti ML. Consenso em
paracoccidioidomicose. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. 2006 maio-junho.
2. Marques SA, Cortez DB, Lastória JC, Camargo RMP, Marques MEA. Paracoccidioidomicose: frequência,
morfologia e patogênese de lesões tegumentares. An Bras Dermatol. 2007; 82(4):411-7.
3. Marques SA, Lastória JC, Putinatti MSMA, Camargo RMP, Marques MEA. Paracoccidioidomycosis: infiltrated,
sarcoid-like cutaneous lesions misinterpreted as tuberculoid leprosy. Rev Int Med Trop S Paulo. 2008;50(1):47-50.
4. Nascimento CR, Delanina WFB, Soares CT. Paracoccidioidomycosis: sarcoid-like form in chidhood. An Bras
Dermatol. 2012;87(3):486-7.
5. Medeiros VLS, Arruda L. Sarcoid-like lesions in Paracoccidioidomycosis: immunological factors. An Bras
Dermatol. 2013;88(1):113-6.
6. Marques SA. Paracoccidioidomycosis: epidemiological, clinical, diagnostic and treatment up-dating. An Bras
Dermatol. 2013;88(5):700-11.
7. Marques SA. Paracoccidioidomicose: centenário do primeiro relato de caso. An Bras Dermatol. 2008;83(3):271-3.

similar documents