Saulo - Colégio Planeta

Report
Colégio Planeta
Prof.: Saulo
Data: 25 / 09 / 2014
Lista de Química
Aluno(a):
Pré-ENEMais
Turma:
Turno: Vesp. e Not.
EXEMPLOS:
ÁCIDOS
É toda substância que, em água, sofre ionização,
+
+
formando como cátion exclusivamente o H ou H3O , de acordo
com a teoria de Arrhenius.
REAÇÃO DE IONIZAÇÃO
+
-
HX + H2O → H3O + X
+
HX → H + X
01 - H2SO4 :
02 - H2SO3 :
03 - H3PO4 :
04 - H3PO3 :
05 - H3PO2 :
CLASSIFICAÇÃO:
06 - H2CO3 :
#Quanto a presença de oxigênio
07 - HClO4 :
Hidrácidos: não possuem oxigênio. Ex: HCl, HF...
08 - HClO3 :
Oxiácidos: possuem oxigênio. Ex: H2SO4, HClO3...
09 - HClO2 :
#Quanto ao número de hidrogênios ionozáveis
*Monoácidos : 1 hidrogênio ionizável. Ex: HCl; HBr e H3PO2.
*Diácidos : 2 hidrogênios ionizáveis. Ex: H2SO4; H2CO3 e H3PO3.
*Triácidos : 3 hidrogênios ionizáveis. Ex: H3BO3 e H3PO4
10 - HClO :
11 - HNO3 :
12 - H3BO3 :
#Quanto a força: Para hidrácidos.
Fortes: HCl, HBr, HI
Moderado: HF
Fraco: os demais.
#Quanto a força: Para oxiácidos.
Regra de Pauling: (nº de oxigênio) – ( nº de hidrogênio) = x
X ≥ 2 : Fortes
x = 1 : Moderados
x ‹ 1 : Fraco
CLASSIFICAÇÃO
Grau de Hidratação
Orto: Indica o maior grau de hidratação (não obrigatório).
Piro: Ácidos obtidos através da perda de uma molécula de água
de duas moléculas do ácido.
Meta: Perda de molécula de água de uma molécula do ácido.
Bases ou hidróxidos
É toda substância que se dissocia em água fornecendo
exclusivamente o ânion hidroxila (OH ), de acordo com a teoria
de Arrhenius.
NOMENCLATURA
*NOMENCLATURA DOS HIDRÁCIDOS
Ácido [nome do elemento]+ ídrico
Exemplos:
HBr: ácido bromídrico.
HCl: ácido clorídrico
H2S: ácido sulfídrico.
HCN: ácido cianídrico.
NOMENCLATURA DOS OXIÁCIDOS
Ácido [nome do elemento] ICO /OSO
REGRAS PARA NOX:
H: nox +1.
O: nox -2.
∑ do nox será igual a ZERO.
Lista
04
REAÇÃO DE DISSOCIAÇÃO
+
-
MOH → M + OH
CLASSIFICAÇÃO:
#Quanto a força
Fortes: bases de metais alcalinos, Ca, Sr, Ba
Moderadas: bases de metais alcalinos-terrosos (os demais)
Fracas: as demais bases
#Quanto a Solubilidade
Serão solúveis as bases fortes e NH4OH.
#Quanto ao número de hidroxilas
Monobases: possuem apenas uma hidroxila.
Ex: KOH e NH4OH.
Dibases: possuem duas hidroxilas. Ex: Mg(OH)2 e Zn(OH)2.
Tribases: possuem três hidroxilas. Ex: Al(OH)3 e Fe(OH)3.
NOMENCLATURA:
#Nox fixo
HIDRÓXIDO DE NOME DO ELEMENTO
Exemplos:
KOH: hidróxido de potássio.
Mg(OH)2: hidróxido de magnésio.
#Nox variável:
Nomenclatura de Stokes (1940):
Hidróxido de nome do elemento+ Valencia
#Caráter da solução salina:
Sais neutros: proveniente de ácido forte e base forte. Ex: NaCl
Sais ácidos: proveniente de ácido forte e base fraca. Ex: NH4Cl
Sais básicos: proveniente deácido fraco e base forte. Ex: NaHCO3
Sais neutros*: proveniente de ácido fraco e base fraca.Ex: NH4CN
Nomenclatura de 1900:
Hidróxido nome do elemento ↑Nox: ICO, ↓Nox: oso
ÓXIDOS
São compostos binários onde o oxigênio é o elemento
de maior eletronegatividade. Ex: Na2O, SO3, Al2O3.
EXEMPLOS:
1 - Cu(OH)2 :
NOMENCLATURA:
2 - CuOH :
# Nox fixo
Prefixo adequado + óxido deprefixo adequado + nome do
elemento
# Nox variável
Nomenclatura de Stokes (1940):
Óxido de nome do elemento+ Valencia
3 - Fe(OH)2 :
4 - Fe(OH)3 :
5 - Pb(OH)4 :
6 - Pb(OH)3 :
Nomenclatura de 1900:
Óxido nome do elemento ↑Nox: ICO, ↓Nox: oso
SAIS
EXEMPLOS:
Segundo Arrhenius, sal é toda substância que, em água,
+
dissocia-se em, pelo menos, um cátion diferente de H e um ânion
diferente de OH . É resultante da neutralização de um ácido por
uma base, com eliminação de água.
EXEMPLOS:
12345-
1 - Na2O:
2 - SO3 :
3 - SO2 :
HCl + NaOH →
H2SO3 + NaOH →
HClO4 + Fe(OH)3 →
H3PO4 + Ca(OH)2 →
H2SO4 + Al(OH)3 →
4 - CaO :
5 - FeO :
6 - Fe2O3 :
NOMENCLATURA
CLASSIFICAÇÃO
Nome do ânion de nome do cátion
*O cátion tem origem da base, geralmente recebe o nome de
origem.
*O ânion tem origem do ácido, seguindo a seguinte regra de
nomenclatura:
# Óxidos ácidos (caráter covalente):
São óxidos que reagem com a água formando ácidos ou
reagem com base produzindo sal e água.
Exemplo:
CO2 + H2O → H2CO3
CO2 + Ca(OH)2 → CaCO3 + H2O
NOMENCLATURA:
# Óxidos básicos ( caráter iônico):
São óxidos que reagem com a água formando bases ou reagem
com ácido produzindo sal e água.
Exemplo:
CaO + H2O → Ca(OH)2
CaO + H2SO4 → CaSO4 + H2O
#Óxidos anfóteros ( caráter intermediário):
São óxidos que reagem com a água formando bases ou ácidos
ou reagem com ácido ou base produzindo sal e água.
Exemplo:
ZnO: (mono) óxido de zinco
Al2O3: Trióxido de alumínio
EXEMPLOS:
1 - NaCl :
2 - Na2SO4 :
3 - CaCO3 :
4 - AgNO3 :
5 - FeSO4 :
6 - Fe2(SO4)3 :
CLASSIFICAÇÃO
#Quanto à natureza dos íons
Sais neutros: possuem um só tipo de cátion e um só tipo de
ânion. Ex: NaCl e (NH4)2SO4.
+
Sais ácidos: possuem um ou mais H . Ex: NaHCO3 e KHSO4.
–
Sais básicos: possuem um ou mais OH . Ex: Al(OH)2Cl e
Zn(OH)NO3.
Sal hidratado: sais que apresentam moléculas de água ligadas ao
retículo cristalino. Ex: Na2SO4 .10 H20
#Óxidos neutros:
São óxidos que não reagem com a água, ácidos ou bases.
Exemplo:
CO: (mono) óxido de carbono
NO: (mono) óxido de nitrogênio
N2O: (mono) óxido de dinitrogênio
#Óxidos duplos, mistos ou salinos :
São óxidos formados pela associação de dois diferentes óxidos.
Exemplo:
Fe3O4 + 4 H2SO4 → FeSO4 + Fe2(SO4)3 + 4 H2O
#Peróxidos:
São compostos onde o oxigênio apresenta nox -1 .
Os elementos que formam peróxidos são: hidrogênio, metais
alcalinos, alcalinos- terrosos, prata e zinco.
Exemplo:
H2O2 : peróxido de hidrogênio (água oxigenada)
Na2O2 : peróxido de sódio
BaO2 : peróxido de bário
C) Não existe variação no número de oxidação do Nitrogênio
nos ácidos, sendo ele 5+, porém na amônia o número é 3+.
D) Em qualquer molécula, o número de oxidação dos átomos
que a constitui é igual a zero.
E) Os ácidos nítrico e nitroso e a amônia possuem Nitrogênio
com número de oxidação 5+, 3+ e 3-, respectivamente.
Reação: Peróxido + ácido → sal + água oxigenada
#Superóxidos:
São compostos onde o oxigênio apresenta nox -1/2 .
Os elementos que formam peróxidos são: metais alcalinos e
alcalinos- terrosos.
Exemplo
Na2O4 : superóxido de sódio
BaO4: superóxido de bário
Reação: Superóxido + ácido → sal + água oxigenada + gás
oxigênio
EXERCÍCIOS:
01 - (PUC RJ/2013) O elemento iodo é um sólido que sublima na
temperatura ambiente e que foi descoberto em 1811 por Bernard
Courtois. Sobre as características desse elemento e suas
propriedades, em função da sua posição na tabela periódica, é
correto afirmar que o iodo
A) é mais eletronegativo que o cloro.
B) no estado fundamental possui, na última camada, 1 elétron
no subnível s e 5 no subnível p.
C) produz um hidrácido que possui fórmula H2I.
D) por ter brilho, é um metal.
E) combina-se com o hidrogênio formando ligação covalente
polar.
02 - (UECE/2012) Considere a informação seguinte: Quando a
cebola é cortada, as suas células liberam compostos voláteis,
contendo enxofre que, em contato com os olhos, produzem ácido
sulfúrico, causando irritação. O cérebro reage estimulando a
produção de lágrimas para proteger os olhos. Utilizando seus
conhecimentos sobre enxofre, reações químicas e cinética
química, marque a única opção que completa corretamente a
seguinte afirmação:
Congelando a cebola ou molhando-a antes de cortá-la, diminui a
possibilidade de irritação dos olhos, porque
A) a água reage com os compostos voláteis de enxofre,
impedindo-os de, no estado líquido, atingir os olhos.
B) o resfriamento produz uma reação reversível no sistema,
dificultando a ação dos gases.
C) nos dois procedimentos, há um aumento de entropia e
entalpia do sistema, e os gases de enxofre não são liberados.
D) funcionando como anticatalisador do sistema, a água inibe a
ação dos gases, tornando-os inertes.
03 - (UFG GO) A frequência de vibração de uma esfera ligada a
uma parede por meio de uma mola é proporcional à razão entre a
constante de força da mola e a massa da esfera. Esse modelo
pode ser utilizado para explicar a força da ligação química de
moléculas diatômicas. Considere a molécula de HBr e admita que
o átomo de bromo está parado em relação ao átomo de
hidrogênio. Quando o átomo de hidrogênio é substituído pelo
deutério, o que acontece com
A) a frequência de vibração?
B) a acidez da molécula em meio aquoso?
05 - (UERJ) O ácido nítrico é um composto muito empregado
em indústrias químicas, principalmente para a produção de
corantes, fertilizantes, explosivos e nylon. Um processo
industrial de obtenção do ácido nítrico consiste na seguinte
reação:
NaNO3 (s) + H2SO4 (aq)  HNO3 (aq) + NaHSO4 (aq)
Escreva os nomes dos reagentes empregados nesse processo
e apresente a fórmula estrutural plana do ácido nítrico.
06 - (UFRJ) A queima do enxofre presente na gasolina e no
óleo diesel gera dois anidridos que, combinados com a água da
chuva, formam seus ácidos correspondentes. Escreva a fórmula
desses ácidos e indique o ácido mais forte. Justifique sua
indicação.
07 - (UEPG PR/2013) Com relação às bases relacionadas
abaixo, assinale o que for correto.
I.
II.
III.
IV.
NaOH
NH4OH
Mg(OH)2
Cu(OH)2
01.
02.
04.
08.
I é uma base de metal alcalino considerada forte.
III e IV são bases consideradas insolúveis em água.
I e II são denominadas de monobases.
2+
A equação Mg(OH)2
Mg
+ 2 OH– representa
corretamente a dissociação da base III.
08 - (PUC MG) Urtiga é o nome genérico dado a diversas
plantas da família das Urticáceas, cujas folhas são cobertas de
pêlos finos, os quais liberam ácido fórmico (H 2CO2) que, em
contato com a pele, produz uma irritação.
Dos produtos de uso doméstico abaixo, o que você utilizaria
para diminuir essa irritação é
A)
B)
C)
D)
E)
vinagre.
sal de cozinha.
óleo.
coalhada.
leite de magnésia.
09 - (MACK SP/2013) O hipoclorito de sódio é um sal utilizado
frequentemente em soluções aquosas como desinfetante e/ou
agente alvejante. Esse sal pode ser preparado pela absorção
do gás cloro em solução de hidróxido de sódio mantida sob
resfriamento, de modo a prevenir a formação de clorato de
sódio. As soluções comerciais de hipoclorito de sódio sempre
contêm quantidade significativa de cloreto de sódio, obtido
como subproduto durante a formação do hipoclorito.
Assim, é correto afirmar que as fórmulas químicas do hipoclorito
de sódio, clorato de sódio e cloreto de sódio são,
respectivamente,
A)
B)
C)
D)
E)
NaClO, NaClO3 e NaCl.
NaClO2, NaClO4 e NaCl.
NaClO, NaClO2 e NaCl.
NaClO, NaClO4 e NaClO2.
NaClO2, NaClO3 e NaCl.
04 - (UFT TO) O nitrogênio pode ser encontrado em vários
compostos simples como HNO3, HNO2 e NH3.
Sobre estes compostos é correto afirmar:
10 - (UEPG PR/2013) Sobre os compostos abaixo, assinale o
que for correto com relação às suas características.
A) Os ácidos nitroso e nítrico e a amônia possuem Nitrogênio
com número de oxidação 5+, 5- e 0, respectivamente.
B) Os ácidos nítrico e nitroso e a amônia possuem Nitrogênio
com número de oxidação 0, 0 e 5+, respectivamente.
I.
II.
III.
IV.
V.
NaOH
O2
KCl
CH3COOH
NH4OH
01. O composto IV é um ácido orgânico, fraco, pouco ionizável
em meio aquoso.
02. Quando dissolvido em água, o composto II forma uma
solução aquosa com ótima capacidade em conduzir corrente
elétrica.
04. O composto III é um sal de metal alcalino que dissolvido em
água dá origem a uma solução eletrolítica.
08. O composto V corresponde a dissolução de amônia (NH 3)
em meio aquoso.
16. O composto I é uma base de Arrhenius, no qual a hidroxila
está ligada a um elemento altamente eletronegativo.
11 - (UFG GO/2012) O esquema apresentado a seguir mostra as
regiões da língua que respondem mais intensamente aos
diferentes sabores.
13 - (UEG GO/2013) Os óxidos, quimicamente, são compostos
binários nos quais o oxigênio é o elemento mais eletronegativo.
Dependendo da natureza do outro elemento químico, este pode
apresentar característica ácida, básica ou anfótera. Considere o
CaO e o ZnO e responda aos itens abaixo.
A) Mostre a equação química balanceada da reação do óxido
de cálcio com água e justifique se se trata de um óxido
ácido ou básico.
B) Sabendo que o ZnO apresenta uma caráter anfótero,
mostre a equação química para a sua reação com ácido
clorídrico.
14 - (FMJ SP/2013) Os óxidos possuem inúmeras aplicações
químicas. Uma das formas de classificá-los é por meio de seu
caráter ácido, básico ou anfótero. Dois óxidos que podem ser
classificados como anfóteros são
A)
B)
C)
D)
E)
Considere as seguintes substâncias representadas quimicamente:
1.
NaCl
2.
H3CCOOH
3.
C12H22O11
4.
Fe
5.
H2 O
São capazes de excitar as regiões I, II e III da língua,
respectivamente, as seguintes substâncias apresentadas:
A)
B)
C)
D)
E)
5, 1 e 2.
3, 1 e 2.
4, 2 e 1.
5, 4 e 3.
2, 3 e 5.
12 - (FGV SP/2013) No esquema seguinte, que representa uma
unidade de tratamento de água, são apresentados os reagentes
químicos usados e as principais etapas de separação.
ZnO e MgO.
Al2O3 e Cl2O.
Al2O3 e MgO.
MgO e CaO.
Al2O3 e ZnO.
15 - (UFRN/2013) Os vidros são materiais conhecidos desde a
antiguidade e têm um tempo de degradabilidade de mais de mil
anos. Sua importância, nas diferentes esferas da vida,
relaciona-se com suas propriedades, pois são materiais que
podem ser reutilizados e infinitamente reciclados sem perder
suas propriedades. Na produção de vidros, a matéria prima
principal é o óxido de silício ou sílica (SiO2), um sólido cristalino
que forma uma rede atômica contínua ou um macrocristal
obtido pela extração convencional de areia. O SiO 2 apresenta
o
elevada temperatura de fusão, que varia entre 1700 e 1800 C.
Considerando esses valores de temperatura, no processo de
produção do vidro com sílica pura, seria inviável não adicionar
óxidos de sódio e de potássio, que atuam como fundentes
(diminuem a temperatura de fusão). Na produção de vidro, outra
matéria prima usada é o feldspato, um mineral constituído por
aluminosilicato duplo de sódio e potássio (KNa(AlSi3O8)) que,
ao se decompor, produz os óxidos de potássio, de sódio, de
alumínio, e também sílica.
Um processo para a obtenção do vidro consiste na fusão
desses materiais, seguido do Banho Float, no qual a massa é
derramada em uma piscina de estanho líquido, em um processo
contínuo. Devido às diferenças de densidade entre os materiais,
o vidro flutua sobre o estanho, ocorrendo um paralelismo entre
as duas superfícies. A partir desse ponto, é determinada a
espessura do vidro. A seguir, na galeria de recozimento, a folha
de vidro será resfriada controladamente até aproximadamente
120ºC e, então, preparada para o corte. Antes de ser cortada, a
folha de vidro é inspecionada por um equipamento chamado
"scanner", que utiliza um feixe de raio laser para identificar
eventuais falhas no produto. O corte é realizado em processo
automático e em dimensões pré-programadas e, depois disso, o
vidro é armazenado.
A) Identifique, na obtenção do vidro, um processo que não é
considerado processo químico. Justifique.
B) Escreva as fórmulas químicas do óxido de sódio e do óxido
de alumínio, matérias primas usadas na produção do vidro.
C) Por que a reciclagem do vidro pode ser considerada um
processo químico sustentável que beneficia o meio ambiente?
(www.novoguiabarretos.com/paginas/nossa%20agua.html. Adaptado)
É correto afirmar que o produto da interação da cal (CaO) com a
água e os nomes dos processos de separação mostrados nas
etapas 2 e 3 são, respectivamente
A)
B)
C)
D)
E)
básico; decantação; filtração.
básico; cristalização; filtração.
básico; decantação; flotação.
ácido; cristalização; flotação.
ácido; decantação; filtração.
16 - (UFJF MG/2012) Podemos classificar alguns óxidos como
ácidos, básicos, anfóteros ou neutros. Propriedades como
eletronegatividade, tipo de ligação e reações químicas nos dão
indicações sobre qual tipo de óxido um determinado elemento
pode formar.
A)
Escreva a equação química balanceada da reação de cada
óxido apresentado no quadro abaixo com a água e ainda a
coloração da solução formada em presença de
fenolftaleína.
22 - (UFV MG) As equações incompletas mostram algumas das
propriedades dos óxidos:
B)
Classifique os óxidos abaixo e indique o tipo de ligação
química formada.
CaO (s)  H 2SO 4 (aq) 
I.
II.
III.
SO 3 (aq)  Na 2O (s) 
IV.
P2O5 (s)  KOH (aq) 
FeO (s)  HCl (aq) 
Considerando as reações completas, os produtos principais das
equações são, respectivamente:
C) Escreva o nome e a fórmula eletrônica do produto obtido pela
reação do trióxido de enxofre com água.
D) Escreva a equação BALANCEADA da reação do Na 2O com
ácido clorídrico.
17 - (UFG GO/2013) Na despensa de uma casa, há quatro potes
no armário com seus respectivos conteúdos, conforme descrito na
tabela a seguir.
POTE
A
CONTEÚDO
Soluçãode ácido clorídrico
B
Bicarbonato de sódiosólido
C
Soluçãode ácido etanoico
D
Bicarbonato de sódiosólido
Suponha que sejam misturados os conteúdos de dois desse
quatro potes. Nesse sentido,
A) qual seria a probabilidade de se formar gás carbônico na
primeira tentativa, caso não se conhecesse o conteúdo de
cada pote?
B) escreva as equações balanceadas de formação de gás
carbônico possíveis a partir do conteúdo dos quatro potes.
18 - (UFES) Complete as reações abaixo, faça o balanceamento
e dê nome ao sal formado.
A) HCl(aq) + Mg(OH)2(s) 
B) HBrO4(aq) + KOH(aq) 
C) HNO3(aq) + CuS(s) 
D) HNO2(aq) + PbCO3(s) 
19 - (UFU MG) A principal substância química presente no giz é
obtida pela reação entre o ácido sulfúrico (H2SO4) e cal (CaO).
Sobre esse assunto responda:
A) Qual é o nome dessa substância?
B) Escreva a reação que produz essa substância e indique o
nome do outro composto simultaneamente produzido.
20 - (UNESP SP) Substâncias como Al(OH)3 e Mg(OH)2 são
bases fracas utilizadas na composição de antiácidos estomacais,
por reagirem com o ácido clorídrico (HCl) presente no estômago.
Equacione, na forma iônica completa, e balanceie as reações
químicas dessas bases com o ácido clorídrico.
21 - (UEPG PR/2013) Complete as equações químicas abaixo
com os produtos obtidos nas reações, fazendo o balanceamento
e assinale o que for correto.
I.
II.
III.
NaOH + H2SO4 
NH4OH + HCl 
CaO + H2O 
01.
02.
04.
08.
16.
Na reação II há obtenção de cloreto de amônio.
As reações II e III são classificadas como reações de síntese.
Na reação III forma-se uma base de Arrhenius.
Nas reações I e II há formação de sal inorgânico.
Na reação I para cada mol de hidróxido de sódio reagente
formam-se 2 mols de sulfato de sódio.
A)
B)
C)
D)
CaSO4 (aq), FeCl3 (aq), Na2S2O7 (aq) e KP2O6 (aq).
CaSO4 (aq), FeCl (aq), Na2SO3 (aq) e KP2O6 (aq).
CaSO4 (aq), FeCl2 (aq), Na2SO4 (aq) e K3PO4 (aq).
CaSO3 (aq), FeCl2 (aq), Na2SO3 (aq) e K3PO4 (aq).
23 - (UFRJ) Durante um experimento, seu professor de química
pediu que você indentificasse as soluções aquosas presentes
em cada um dos béqueres (A, B, C) apresentados a seguir:
Dois béqueres do experimento contêm soluções aquosas
salinas, de sais desconhecidos.
A)
B)
O ânion do sal presente na solução salina saturada
pertence à família dos halogênios e é isoeletrônico ao
sulfeto. Escreva o nome do ânion e identifique o béquer
que contém essa solução.
Sabe-se que o sal da solução não-saturada é um nitrato
cujo cátion pertence ao 3º período da família dos metais
alcalinos terrosos. Escreva a fórmula química desse sal.
TEXTO: 2 - Comum à questão: 24
A Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu
2011 como o Ano Internacional da Química, para conscientizar
o público sobre as contribuições dessa ciência ao bem-estar da
humanidade, coincidindo com o centenário do recebimento do
Prêmio Nobel de Química por Marie Curie. O prêmio recebido
pela pesquisadora polaca teve como finalidade homenageá-la
pela descoberta dos elementos químicos Polônio (Po) e Rádio
(Ra). Na verdade, este foi o segundo prêmio Nobel recebido,
sendo o primeiro em Física, em 1903, pelas descobertas no
campo da radioatividade. Marie Curie, assim, se tornou a
primeira pessoa a receber dois prêmios Nobel. Como outra
homenagem, desta vez post mortem, os restos mortais de Marie
Curie foram transladados em 1995 para o Panteão de Paris,
local onde estão as maiores personalidades da França, em
todos os tempos. Além disso, o elemento de número atômico 96
recebeu o nome Cúrio (Cm) em homenagem ao casal Curie,
Marie e seu marido Pierre.
24 - (UEPB/2011) Sabendo que o Rádio é um elemento
denominado de alcalino terroso, tal como o Cálcio e o Bário,
supõe-se que quimicamente
A) é extremamente eletronegativo, reagindo com Hidrogênio e
formando um ácido.
B) não forma compostos com os halogênios, por efeito
estérico.
C) produz hidróxido solúvel, através da reação com Água.
D) é propenso a formar compostos com ânions monovalentes
na proporção de 1 : 1.
E) é uma fonte de emissão etérea, que possui massa
negativa.

similar documents