- arquivo do Powerpoint, 9,51 Mb

Report
Linha do Tempo – SPC Santa Catarina
1955
1995
• Serviço SPC iniciou com
base local
• Constituído por
Entidades sem fins
lucrativos
Armazenagem de informações
de inadimplência em fichas de
papel
2000
2002
Linha do Tempo – SPC BRASIL
1955
1995
Início da discussão para a
interligação das CDLs
2000
2002
Linha do Tempo – SPC BRASIL
1955
1995
Bancos de dados interligados.
Nasce o SPC BRASIL
2000
2002
Linha do Tempo – SPC BRASIL
1955
1995
2000
2002
Financeiras
Grandes
Varejos
Bancos
Centralização das informações
de Bancos, Financeiras e
Grandes Varejos na ACSP
Linha do Tempo – SPC BRASIL
1955
1995
Implantação do sistema
de consulta
2000
2002
Linha do Tempo – SPC BRASIL
1955
1995
Parceria com a Equifax para
compra de informações públicas
(protesto, ação e junta)
2000
2002
Planejamento estratégico - RENIC
Planejamento estratégico Renic
Fazenda Estalagem Lazer - Carandaí –
MG
Modelo que inclui a participação de
todas as Entidades do Brasil
Planejamento estratégico - RENIC
Principais objetivos do planejamento:
Planejamento estratégico - RENIC
Necessitava de uma consultoria para validar o modelo – planejamento estratégico – e
ser aprovado pelo Conselho
contrata
Proposta ACSP
Após este tempo, as 11 bases (Belo Horizonte, Vitoria, Goiânia, Distrito Federal,
Fortaleza, Recife, Salvador, Rio de Janeiro, Porto Alegre, FCDL SC, Curitiba) foram
surpreendidas por uma proposta totalmente diferente:
Proposta ACSP
• A Nova Empresa seria da ACSP, com pequena participação a ser
dividida entre as 11 bases.
• A ACSP apresenta proposta individualmente a cada entidade
quebrando a unidade que existia.
Participação na Nova Empresa
ACSP
Outras Bases
10%
90%
Proposta ACSP
Ao contrário do modelo de Processador único :
Proposta ACSP
•Atitude individualista
•Enfraquecimento da
negociação
•Sem visão de Grupo
Reunião com as 10 bases
• Promover o interesse coletivo e não individuais.
• Construir juntos um Movimento Lojista com benefícios
para todos.
• Sermos instituições representativas que defendem os
interesses do Movimento.
• Contribuir para o crescimento da classe lojista e
conseqüentemente o desenvolvimento das Entidades.
Reunião com as 10 bases
• Contratação da
Juntos seremos fortes para enfrentar o novo cenário
Proposta ACSP
Mesmo com incertezas e sem detalhamento de contrato:
Aceitaram proposta da ACSP
A transformação da ACSP
A transformação da ACSP
Participação da BVS
ACSP
TMG
Outros
10%
25%
65%
A transformação da ACSP
A transformação da ACSP
Compra da Serasa pela Experian
Exclusividade da informação
Parceiro exige
exclusividade
na troca de
informações
O que precisamos então?
Dependência
Gestão unificada do negócio SPC (padronização e obrigações)
Entidades
Posicionamento e Padronização nacional da Marca SPC
CNDL/Entidades
Ocupação efetiva do mercado (política nacional de comercialização)
Entidades
Complementar nossa informação (PF de grandes clientes nacionais)
Parceria
Repasse
Parceria
Portfólio completo para atendimento PME (com insumos complementares e
informações de PJ)
Parceria
Possibilidade de parceria com 2 players
Possibilidade de parceria com 2 players
Informações
Grandes Clientes
Informações
Grandes Clientes
Serasa PME
Informações PME
Entidades – SPC
Brasil
Inicio das Negociações
ACSP
• 11/08/2008
Serasa
• 14/02/2009
BV
• 29/07/2010
Equifax
• 30/11/2010
Fundos de
investimentos
• 11/01/2011
+
Mais de 40 reuniões entre 2009 a
2011
Mais de 300 horas de discussão
sobre o assunto
Análises e negociações de 25 versões
de propostas (aproximadamente)
Mais de 70 reuniões entre 2009 a
2011
Mais de 495 horas de discussão
sobre o assunto
Análises e negociações de
aproximadamente 50 versões de
propostas
Bases da Negociação
Negociação
Perenidade
Rentabilidade
Preservar a
autonomia das
Entidades
Manter ou
aumentar a
rentabilidade das
CDLs
Mercado
Posicionamento
Melhorar o nosso
posicionamento no
mercado
Qualidade
Garantia a
qualidade na
oferta de
informações e
novos produtos.
Análise das Propostas
Por que a parceria com a
Situação atual X Proposta
Situação Atual
Situação Proposta
Competição
Parceria
Pressão sobre Preços
Sinergia
Custos
Ganhos Conjuntos
Sinergia Singular
Serasa Experian
CNDL
Aumento de Receita
•
Presença geográfica
•
Base de dados de PF
•
Força política
•
Marca
•
...
•
Portfolio de Produtos
•
Base de dados de PJ
•
Tecnologia / Estrutura
•
Marca
•
...
Redução de Custos
Benefícios da Parceria com SE
Continuar
como um
player (dono
do negócio)
Associado
mais satisfeito
Benefícios da Parceria com SE
• Produto com maior valor agregado
• Melhor qualidade em relação a concorrência
• Portfólio completo PF e PJ, para todos os segmentos de negócio
Bases de Dados com a Parceria com a SE
Parceria SE + CNDL
PME
PF
PF
PME - desatualizado
PME
Grande Varejo + SP + PR + POA +
RJ
PME
Grande Varejo + SP + PR + POA +
RJ
Bases de Dados com a Parceria com a SE
Parceria SE + CNDL
CDLs
PJ
PJ
CDLs - Desatualizadas
CDLs
Grande Varejo + SP + PR + POA +
RJ + protesto + ação + junta
Informações de PJ de empresas de
todo o país + protesto + ação +
junta
PME
PME - desatualizado
PME
PME
Grande Varejo + SP + PR + POA +
RJ
Grande Varejo + SP + PR + POA +
RJ
PF
PF
Benefícios da Parceria com SE
• Liberdade para criar produtos
• Preservação da nossa base
• Conhecimento da base da SE
• Tranqüilidade na saída
Benefícios da Parceria com SE
Preservação do Movimento Lojista
•
CDLs continuam sendo dono do que é seu (SPC).
•
Manutenção da territorialidade
•
Manutenção do repasse
•
Preservação e fortalecimento da Marca SPC
Parceria Anterior
PARCERIA Anterior
Mercado Financeiro e
Varejo:
SP, PR, RJ e RJ.
Parceria atual
GRANDE VANTAGEM SOBRE A
CONCORRÊNCIA
Agora buscamos estas
informações de um novo
PARCEIRO
SPC Brasil
COM A PARCERIA
Somos o ÚNICO
100% Nacional
SPC Brasil X Boa Vista
?
COM A
PARCERIA
Somos o ÚNICO
100% Nacional
BVS opera apenas
nesses Estados

similar documents