origem e evolução do pensamento administrativo as principais

Report
PRINCIPAIS TEORIAS ADMINISTRATIVAS E ENFOQUES
ÊNFASE
Tarefas
Estrutura
TEORIAS ADMINISTRATIVAS
PRINCIPAIS ENFOQUES
Administração Científica – 1903
Racionalização do trabalho no nível operacional.
Teoria Clássica - 1916
Teoria Neoclássica - 1954
Organização formal.
Princípios gerais da Administração.
Funções do administrador.
Teoria da Burocracia – 1909
Organização formal burocrática.
Racionalidade organizacional
Teoria Estruturalista – 1947 Tentaram
conciliar as teses propostas pela
teoria clássica e pela teoria das rel.
humanas
Múltipla abordagem:
-Organização formal e informal.
-Análise intra-organizacional e análise
interorganizacional.
Teoria das Relações Humanas –
1932
Organização informal.
Motivação, liderança, comunicações e dinâmica de grupo.
Teoria do Comportamento
Organizacional – 1957
Estilos de Administração.
Teoria das decisões.
Integração dos objetivos organizacionais e individuais.
Teoria do Desenvolvimento
Organizacional – 1962
Mudança organizacional planejada.
Abordagem de sistema aberto
Teoria Estruturalista – 1947
Ambiente
Análise intra-organizacional e análise ambiental.
Abordagem de sistema aberto.
Teoria da Contingência – 1972
Análise ambiental (imperativo ambiental)
Abordagem de sistema aberto.
Tecnologia
Teoria da Contingência – 1972
Administração da tecnologia (imperativo tecnológico)
Novas Abordagens da Administração
- 1990
Caos e Complexidade.
Aprendizagem Organizacional – capital intelectual
Pessoas
Competitividade
Modelos de Gestão a partir da déc de 1970
LINHA DE TEMPO
Anos 70
MBO
85
TQC
92
PNQ
93
ABM
97
EVA
98
BSC
MBO - Management by Objectives – Gerenciamento por Objetivos
TQC - Total Quality Control – Controle da Qualidade Total
PNQ - Prêmio Nacional da Qualidade
ABM - Activity Based Management – Gerenciamento Baseado em
Atividades
EVA - Economic Value Added - Economia de Valor Adicionado
BSC - Balanced Scorecard
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
ABORDAGEM CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO
- A abordagem clássica da administração surgiu devido as
consequências geradas pela Revolução Industrial:
- O crescimento acelerado e desorganizado das empresas
- devido ao aumento produtivo causado pelas
tecnologias aplicadas à produção.
- A necessidade de aumentar a eficiência e a competência
das organizações
- ruptura do processo artesanal
Se desdobra em duas orientações diferentes, até certo ponto, opostas
entre si, mas que se complementam com relativa coerência.
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
ABORDAGEM CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO
Abordagem Clássica
Administração
Científica
Taylor
• ênfase nas tarefas
• aumento produtividade
• métodos de trabalho
• divisão do trabalho
• abordagem de baixo
para cima
Teoria
Clássica
Ford
Fayol
• ênfase na estrutura
• especialização
do trabalhador
• produção em
massa
• linha de
montagem
• carga trabalho
• aumento eficiência da
empresa
• atenção para os elementos
da Administração
• abordagem do todo para as
partes
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA – TAYLOR (1856-1915)
METODOLOGIA DO ESTUDO
Taylor iniciou seus estudos observando o trabalho dos operários. Sua
teoria seguiu um caminho de baixo para cima e das partes para o todo,
dando ênfase na tarefa.
Para ele a administração tinha que ser tratada como ciência, desta
forma ele buscava ter um maior rendimento do serviço do operariado da
época, o qual era desqualificado e tratado com desleixo pelas
empresas.
Não havia na época interesse em qualificar o trabalho diante de um
enorme e supostamente inesgotável exército industrial de reserva.
O estudo do tempo e movimento mostrou que um exército industrial
desqualificado significa baixa produtividade.
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
PRINCÍPIOS DE ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA PARA TAYLOR
Os quatro princípios fundamentais da administração científica são:
Princípio do Planejamento - Separar quem pensa e quem faz
Princípio do Preparo - Selecionar os melhores e treiná-los de acordo
com o melhor método de execução
Princípio do Controle - Aderência ao planejamento de tarefas através
de rigorosa supervisão
Princípio da Execução - O administrador deve concentrar-se apenas
nos desvios dos processos
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
VISÃO CRÍTICA DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA
• A empresa somente se preocupava com sua área industrial (considera
a empresa uma máquina que visa o máximo e não o ótimo)
• A visão predominante era tipicamente mecanicista (operário pago para
executar)
• Com uma abordagem de sistema fechado ( não avalia os fatores
externos e somente o chão de fábrica)
• Os operários eram super especializados (torna o homem máquina,
desarticulado do processo -visão míope.
• Os gerentes tinham visão microscópica de seus subordinados (sem
outro aprendizado)
• Os gerentes se preocupavam mais em como fazer as coisas do que
com o que fazer.
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
Exemplo: Call Center
Caraterísticas:´É um setor que dispões de recursos tecnológicos
avançados de sistema de treinamento
- A empresa é considerada uma organização fechada e se debruçam sobre o
processo produtivo em si, esquecendo-se da estrutura da própria empresa;
- Controle rígido das atividades dos funcionários e processsos quando da
seleção, do treinamento e monitoramento dos processos (todas as ligações são
gravadas, monitores dão atendimentos para a identificação de falhas);
- Avaliação do desempenho do funcionário é rigida e constante , caráter
mecanicista do trabalho – a empresa busca a otimização da execução das
tarefas;
- O objetivo estratégico da área de operações é suportar o alto volume de
demandas, maximizar a velocidade de atendimento e minimizar os custos das
atividades;
- As ferramentas de trabalho e os processos operacionais são extremamente
padronizados;
- Incentivos econômico ou financeiros são em função de atingir as metas.
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA- FORDISMO- (1863-1947)
Vimos que um dos princípais precursores em eficiência e produtividade
na história da administração foi Taylor. Ford aperfeiçoou o Taylorismo
através da integração das etapas do processo de trabalho e a fixação
dos trabalhadores nos seus postos de trabalho.
Americano fundou a Ford Motors Co., dentro de um plano de vendas e
de assistência técnica de grande alcance, revolucionando a estratégia
comercial da época, aplicando os princípios de Taylor.
(1913). Os países desenvolvidos aderiram a esse modelo que foi
extremamente importante para a consolidação da supremacia norte
americana no século XX.
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA- FORDISMO- (1863-1947)
O Fordismo caracteriza-se pelo trabalho repetitivo dividido, contínuo. Ford
foi o primeiro industrial que anteviu na organização do trabalho a
chamada questão social (salário, distribuição de bônus e democratizou o
uso do automóvel).
POLÍTICA: - produção em massa, em série e contínua da linha de
montagem;
- pagamento de altos salários e fixação de produtividade;
- o capital circulante era retirado através do trabalho
contínuo
- o automóvel era fabricado e vendido antes de serem
pagos os salários e as matérias-primas.
- em 1913 saia um carro a cada 84 minutos, o
equivalente a 800 carros/dia.
O conceito de eficiência/eficácia levou a empresa a maior rapidez de
fabricação, preço reduzido de venda e formidável produção anual.
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA- FORDISMO- (1863-1947)
PRINCÍPIOS DO FORDISMO
- Intensificação – aumentar a velocidade rotatória do capital circulante
liquído usando pouca imobilização de capital;
- Economicidade - estoque mínimo de matéria prima;
- Produtividade – aumentar a capacidade de produção do homem,
através da especialização e da linha de montagem.
- Substituição da mão de obra por equipamentos par reduzir os custos.
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA- FORDISMO- (1863-1947)
HENRY FORD E O MODELO T
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA- FORDISMO- (1863-1947)
HENRY FORD E A LINHA DE MONTAGEM
No início, a Ford trabalhava de modo artesanal (1908)
 Trabalhador especializado em sua função, mas tinha
que ‘correr’ a fábrica para buscar as peças no
estoque e trazer ao seu posto de trabalho.
 Ford fez com que as peças fossem entregues em cada
posto de trabalho.
 Tempo de conclusão do trabalho notadamente
diminuido.

ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA- FORDISMO- (1863-1947)
HENRY FORD E A LINHA DE MONTAGEM


Operário, após acabar seu serviço em
um carro, tinha que andar até o
próximo.
 A movimentação consumia tempo e
desgaste do operário.
Implantação da linha de montagem
móvel (1914)
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA- FORDISMO- (1863-1947)
A linha de montagem móvel trazia como benefícios:
- Maior velocidade da produção
- Melhor qualidade
- Diminuição dos custos de estoque
- Maior fabricação, menor preço do produto
- Manual do produto
- Adotou carga de trabalho de 8 horas/dia
- Duplicou os salários (aumenta o mercado consumidor, inclusive de
seus produtos)
Sua empresa tornou-se padrão.
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA- FORDISMO- (1863-1947)
APRECIAÇÃO CRÍTICA DO FORDISMO
- Robotização da mão de obra
- Linha de montagem sem alternativa de outro modelo
- Quantidade acima da qualidade
- Visão só do produto e não do mercado
- Excesso no controle do pessoal
- Falta de inovação e adaptação ao mercado
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO (ORGANIZANDO A
EMPRESA)/FAYOL
A teoria clássica foi idealizada por Henry Fayol, engenheiro
francês(1841-1925).
Caracteriza-se pela ênfase na estrutura organizacional, pela visão do
homem econômico e pela busca de máxima eficiência. Sofreu críticas
como a manipulação do trabalhador através dos incentivos materiais e
salariais e a excessiva unidade de comando e responsabilidade.
Paralelamente aos estudos de Taylor, Fayol defendia princípios
semelhantes na Europa baseado em sua experiência na alta
administração.
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO (ORGANIZANDO A
EMPRESA)/FAYOL
Fayol via a organização como um corpo – o corpo empresarial e as
atividades desse corpo eram encaixadas em 6 funções :
Técnica- produção
Comercial – compra e venda
Financeira – capital
Segurança – proteção e preservação dos bens
Contábeis – balanços, inventários, custos
Administrativa – relacionada com as 5 anteriores integradas
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
TEORIA CLÁSSICA DA
ADMINISTRAÇÃO
(ORGANIZANDO A
EMPRESA)/FAYOL
Administrativas: Integração da cúpula
com as outras cinco funções
(coordenação).
Técnicas:
Produção de
bens e
serviços da
empresa;
Comerciais:
Compra, venda
e permutação
dos produtos e
serviços
Financeiras
: Procura e
gerência de
capitais
Segurança:
Proteção e
preservação
dos bens e
das pessoas
Contábeis:
Inventários,
registros,
balanços,
custos, etc;
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO (ORGANIZANDO A
EMPRESA)/FAYOL
As Funções do Administrador segundo Fayol:
Prever – Visualizar o futuro e traçar plano de ação. Envolve avaliação
do futuro e aprovisionamento em funções dele. Unidade, continuidade,
flexibilidade e apreciação são os aspectos principais de um plano de
ação.
Organizar – Proporciona todas as coisas úteis ao funcionamento da
empresa e pode ser dividida em organização material e organização
social. Constituir a estrutura, material e humana.
Comandar - Leva a organização a funcionar. Seu objetivo é alcançar o
máximo retorno de todos os empregados no interesse dos aspectos
globais. Dirigir e orientar o pessoal.
Coordenar – Ligar, unir, harmonizar todos os atos e esforços coletivos.
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO (ORGANIZANDO A
EMPRESA)/FAYOL
As Funções do Administrador segundo Fayol:
Controlar - Verificar que tudo ocorra de acordo com as regras
estabelecidas e as ordens expressas.
Fayol define o ato de Administrar como: prever, organizar, comandar,
coordenar e controlar, e estas funções são localizáveis em qualquer
trabalho do administrador em qualquer nível ou área da empresa.
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO (ORGANIZANDO A
EMPRESA)/FAYOL
“A principal contribuição de FAYOL ao pensamento administrativo foi
mostrar como um processo administrativo complexo pode ser separado
em áreas interdependentes de responsabilidades ou de funções.”
Até Fayol o problema da administração se concentrava nas indústrias e
usinas com a preocupação pela produtividade.
Fayol levou a administração do nível da oficina para o da direção geral
da empresa considerada na sua totalidade.
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO (ORGANIZANDO A
EMPRESA)/FAYOL
Estabelece a importância da capacidade administrativa na hierarquia de
funções – a medida que um indivíduo se eleva na escala hierárquica
ocorre um aumento na importância da capacidade técnica.
Assim como Taylor, Fayol propõe que o trabalho deve ser rigidamente
controlado; o poder centralizado e o modelo ideal de organização segue
o modelo militar, ordem, disciplina e hierarquia.
ORIGEM E EVOLUÇÃO DO PENSAMENTO ADMINISTRATIVO
AS PRINCIPAIS TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO
TEORIA CLÁSSICA DA ADMINISTRAÇÃO (ORGANIZANDO A
EMPRESA)/FAYOL
APRECIAÇÃO CRÍTICA DA TEORIA DE FAYOL
1. Abordagem simplificada da organização formal (desconsideram o lado
psicológico e social)
2. Ausência de trabalhos experimentais.
3. Extremo racionalismo na concepção da Administração.
4. Teoria da máquina (abordagem mecânica)
5. Abordagem incompleta da organização (ignorar os problemas
humanos)
6. Abordagem de sistema fechado (visão só para dentro da empresa)

similar documents