EXPERIÊNCIA DA PREFEITURA DE PENÁPOLIS * SP NA GESTÃO E

Report
Vera Lucia Nogueira
Diretora Administrativa e Financeira do DAEP
O Serviço foi delegado ao DAEP que passou a executar os
serviços até a destinação final , englobando :
- Limpeza de vias públicas;
- Coleta do lixo domiciliar/comercial e Resíduos de
Serviços de Saúde;
- Implantação do Aterro sanitário;
- Coleta de animais mortos.
100% de coleta e destinação final de resíduos domésticos,
incluindo coleta seletiva, industriais classe II-B e de serviços de
resíduos de saúde em toda a área urbana.
100% de coleta e destinação final de resíduos
domésticos, incluindo coleta seletiva, industriais e de
serviços de resíduos de saúde em toda a área urbana.
RESÍDUO DO
ECOPONTO
EDUCAÇÃO
AMBIENTAL
- Aquisições de caminhões com caçambas compactadoras
para coleta de lixo;
- Adequação de pessoal para execução dos serviços de
limpeza urbana ;
-Coleta domiciliar:
É coletado em média 1.046 TON/mês
Cada munícipe gera em torno de 672g de lixo por dia
Além dos serviços de coleta de resíduos domiciliares e limpeza das
vias públicas, podemos destacar os seguintes processos que hoje
fazem parte dos serviços de resíduos sólidos de Penápolis:
- Destinação adequada dos resíduos de serviço de saúde através
do processo de autoclavagem (coleta em veículo apropriado e
destinação 100% adequada)
Autoclave:
capacidade de
400 kg/dia
- Coleta e destinação final de animais mortos (média de 350
animais por mês)
Coleta
Disposição final
Caminhão de coleta
Valas sépticas
Aterro sanitário
- Coleta e destinação adequada de resíduos dos ecopontos
- Coleta de resíduos de ranchos e chácaras de recreio
- Coleta de resíduos industriais por meio de caçambas de 5 m3
- Compostagem de galhos (destinação do composto para áreas
verdes do município)
Média: 12 Toneladas de composto por mês
Triturando os galhos
Área de trituração
Carregamento
O DAEP utiliza resíduos de podas de árvores para a produção de um adubo que está sendo
usado nas hortas comunitárias.
- Coleta seletiva de materiais recicláveis ( parceria com uma
cooperativa local desde 2000, em 100% da área urbana)
- Coleta seletiva corresponde a 11,32% da coleta úmida.
- Coleta de óleo de cozinha
Barracão de 1500 m2
Esteira
40 cooperados
Prensa
Coleta do óleo de cozinha
Material vendido
- Ponto de recolhimento de entulhos ( 4 Ecopontos)
- Logística reversa de pneus inservíveis (armazenagem em barracão
de 666 m2)
- Por mês são recolhidos 38 TON de pneus (média)
Problemas enfrentados pelo município:
-Pilhas e baterias por meio de urnas localizadas em supermercados
-Lixo eletrônico uma vez por ano por meio de mutirão.
- Lâmpadas colocadas nos ecopontos, na coleta seletiva e
recebendo na CORPE.
Para dar destinação adequada das lâmpadas, temos um custo de R$
1,95 por lâmpada , cuja responsabilidade é do fabricante.
Pilhas e baterias até o momento - sem solução.
- Em Penápolis este resíduo é armazenado em local próprio e
destinado a recuperação de estradas rurais.
- O município conquistou R$ 170.000,00 para instalar uma unidade
de resíduo da construção civil para destinação final adequada
(assinatura do Convênio -Sec. Estadual Meio Ambiente em 24/3/14)
- Aquisição de uma área para ampliação do aterro sanitário (3,37
alqueires).
-Substituição do emissário Santa Terezinha (1.317 metros).
- Revisão da logística do lixo com implantação das melhorias a
partir de julho de 2013;
- Conscientização da população através de placas de advertência
e faixas no sentido de evitar / diminuir o descarte incorreto de lixo
nas vias publicas.
- Reestruturação da CORPE.
- Adequação da portaria da sede.
-Implantação de Módulos Tubulares no decantador 1 da ETA.
-Construção da Garagem de Motos / Melhorias no Piso da
Oficina.
- Reforma da central de atendimento ao cliente.
- Construção de um Almoxarifado.
- Substituição de 4.629 unidades de hidrômetros, sem custo ao
usuário.
- Construção de 2.224 m de Adutora de 300 mm para transporte
de água bruta da Captação até a ETA.
- Investimento de R$ 825.000,00 no Consorcio Ribeirão
Lajeado para preservação do Ribeirão Lajeado.
- Investimento de R$ 744.882,46 na Cooperativa de Trabalho
dos Recicladores de Lixo de Penápolis – CORPE
(manutenção operacional e sacos vermelhos)
- Convênio FSA / CAIXA e DAEP fazendo 9 km de cerca e
plantio de 29.510 mudas nos bairros rurais Araponga e
Galinari.
- Elaboração do Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos
- Adequações no Aterro Sanitário (infra-estrutura e equipamentos)
- Aquisição de um caminhão compactador de lixo
-Substituição do emissário Maria Chica (2.071 metros) com
recursos do Fundo Estadual de Recursos Hídricos.
- Troca de 4.000 metros de emissários em vários pontos do
município ( Estrada do Mineiro, Rua 4 de Outubro e outros)
-Troca de redes de água em vários pontos da área urbana,
incluindo (Cidade Jardim e outros)
-Término do Ecoponto da Cidade Jardim
- Melhorias nos sistemas de tratamento de esgoto do município.
- Automação do sistema de tratamento e distribuição de água.
- Automação das estações elevatórias de esgotos
- Sistema de monitoramento por câmeras nos ambientes externos
- Construção de um reservatório elevado no Jardim do Lago para
atender os bairros Cidade Jardim e Jardim do Lago I ao VI
- Novo sistema cadastral do banco de dados – sistema da água
- Serviço de Setorização em zonas de pressão do sistema de
abastecimento de água
-Substituição de um dos conjuntos motobomba na captação de
água, alterando a capacidade da mesma de 400m3/h para
600m3/h para garantia de abastecimento normal para população
de até 75.000 habitantes uma vez que o Lajeado tem capacidade
para abastecer população de 95.000.
www.daep.com.br

similar documents