Teoria da Decoração

Report
Teoria da Decoração
ESBDE – Eduardo Seiti
Definições
• Ponto Focal – O ponto único no design onde concentra um único item de
interessem onde todos os demais materiais ou parte convergem
• Área focal - Refere-se a um lugar em uma composição. Quando existe uma
área com vários focos de interesse
• Princípios e elementos de design - Avaliam a impressão estética da
composição de um “design”. O “design” é a organização de materiais para
um fim específico, utilizando regras com vocabulário para aplicar nas
decorações de balões. Também é utilizado em decorações de interiores,
arte floral, etc.
• Elementos do Design - São os componentes interpretativos usados a critério do
profissional para a criação de estilos variados: forma, linha, espaço, textura e
cor. São atributos físicos que ganham maior efeito quando aplicados em
harmonia com os princípios do design. Você pode ver e tocar os elementos do
design – existem fisicamente.
• Forma - É a visão externa formada através dos materiais de uma composição.
Sendo a forma tridimensional, ela possui os 3 eixos, ou seja, altura, largura e
comprimento
• Alguns tipos de Forma
• Redonda
• Triangular
• Oblongo
• LINHA
A linha constitui a estrutura básica de cada design criando o caminho
visual a ser seguida.
• Linha Crescente
Curva de Hogarth
• ESPAÇO
É a área tridimensional definida pela estrutura do design (comporta
toda área dentro e ao redor da composição).
• TEXTURA
A textura refere-se à propriedade do material através do qual é conferido
o aspecto de sua superfície. A textura pode ser rústica ou delicada, lisa
ou áspera, brilhante ou opaca. A combinação de diferentes texturas de
forma harmoniosa pode trazer mais pontos de interesse na composição
do design de arte com balões.
 COR
Cor é o reflexo da luz sobre uma superfície que é sensibilizada através
dos nossos olhos.
Este é o elemento visual de maior efeito; transmitindo energia e
criando sensações.
• Cores Primárias: Azul, Vermelho e Amarelo;
Cores Secundárias: Laranja, Verde e Violeta;
Cores Terciárias ou Intermediárias: São as cores criadas a partir
da combinação de uma cor primária com uma cor secundária.
Matiz: Define-se pela intensidade total de uma cor (a cor
determinante).
Harmonia Monocromática: É obtida usando tonalidades claras,
médias e escuras do mesmo matiz. Exemplo: Matiz Rosa – o trabalho
é apresentado combinando os três valores diferentes de rosa: rosa
claro, rosa médio e rosa pink.
Harmonia Análoga: Na harmonia análoga, uma cor primária é
combinada com uma cor adjacente na escala de cores. Na escala de
cores, com 12 tonalidades, as harmonias de cores análogas ocorrem
em um ângulo de 90 graus.
Harmonia Complementar: Nesta combinação são utilizadas duas
tonalidades diretamente opostas na escala de cores. Esta composição
encanta pelo efeito surpresa. Exemplo: Azul e Laranja, Verde e
Vermelho.
Harmonia Triádica: É a mistura de três tonalidades formada pela
figura de um triângulo sobre a Roda de Cores. A mudança de seus
valores devem sempre obedecer à harmonia tríade. Exemplo: Azul,
Vermelho e Amarelo.
Princípios de Design
São conceitos que descrevem a qualidade estética do trabalho. São definidas
através da unidade, proporção, escala, equilíbrio, ritmo e harmonia.
Como são formuladas a partir de idéias e conceitos, não existem fisicamente.
Unidade
É a integração de todos os
acessórios de uma
composição convergindo
para uma idéia central.
Exemplo: No tema
romântico, um balão
metalizado escrito “I Love
You” terá unidade se
combinado com balões no
formato de coração. A
unidade perderá o sentido
se combinado com um
balão no formato estrela.
PROPORÇÃO E ESCALA
A Proporção se refere ao tamanho comparativo entre os materiais utilizados na
composição: quantidade de balões, acessórios e suas dimensões.
Exemplo: Regra básica de proporção em relação à base:
A altura da peça de balão deve ser pelo menos uma vez e meia a altura da base.
A largura da peça de balão deve ser pelo menos uma vez e meia a largura da base.
A Escala se refere ao tamanho do design em relação ao local em que será colocado.
Exemplo: Uma composição com poucos balões de 5” teria pouco efeito decorativo
sobre uma mesa de 8 metros de comprimento.
RITMO
O ritmo no design deve expressar
movimento, criando uma trilha visual
estimulante. Pode ser produzido pela
repetição de um elemento com intervalos
regulares ou irregulares. A cadência do
ritmo pode ser executada em linha,
forma, cor, espaço entre os balões ou pela
simples repetição de curvas ou planos
dentro de uma composição.
HARMONIA
A harmonia define-se pela qualidade estética do conjunto final do trabalho que
deve ter um visual agradável aos olhos do observador.
Pode ser apreciadas através da composição de cores, texturas, forma,
tamanho, elementos similares ou contrastantes
Exemplos de erros
•
•
•
•
Casamento da filha da Dilma Rouseff
Cerimônia de posse da presidenta Dilma Rouseff
Ponto focal da decoração em uma festa infantil
A diferença entre pintura e moldura do quadro
Neste design, o ponto focal é onde se
encontra a maior intensidade, chamando a
atenção dos olhos, seja por diferentes
texturas, cores vibrantes, apontamento
por linhas.
A flor é o primeiro elemento que o olho
percebe. Note que o ponto focal não se
localiza no centro do design.
Nesta foto o ponto focal é o foguete. Os elementos feitos de balão
reforça o foguete sem tentar competir em atenção.
Criando Ilusão
Aumentando ou reduzindo profundidade
•
•
•
•
•
•
•
•
•
Reforçando ponto Focal
Deslocando Ponto focal
Escondendo ambiente
Criado sensação de algo barato
Criando sensação de algo caro
Criando sensação de rápido
Criando sensação de frio
Criando sensação de calor
Criando sensação de Feminino

similar documents