Aula 6 - Sedimentacao UNIP

Report
Laboratório de solos 2012
Curso: ENGENHARIA CIVIL
Disciplina: Mecânica dos Solos e
Geologia - MSG
SEDIMENTAÇÃO
Prof. Dr. Benjamim Jorge Rodrigues dos Santos
ENSAIOS DE GRANULOMETRIA
Estudo das distribuição do tamanho dos grãos constituída em duas
fases: peneiramento e sedimentação.
Laboratório de Solos 2012
NBR 7181: Análise granulométrica
2
SEDIMENTAÇÃO
Laboratório de Solos 2012
Quando há interesse no conhecimento da distribuição granulométrica da
porção fina dos solos, emprega-se a técnica da sedimentação que se
baseia:
LEI DE STOKES → a velocidade de queda de partículas num fluido
atinge um valor limite que depende do peso específico do material (γs), do
peso específico do fluido (γw), da viscosidade do fluido (μ) e do diâmetro
da esfera (D).
v
s w
18 .
.D
2
3
NBR 7181 – ANÁLISE GRANULOMÉTRICA
Laboratório de Solos 2012
Execução do ensaio: SEDIMENTAÇÃO
(1) Preparar as amostras segundo a NBR 6457;
(2) Tomar 120g do material que passou na # 10 (2mm) – se
arenoso ou 70g – se siltoso ou argiloso;
(3) Tomar outros 100g para 3 determinação da umidade
higroscópica;
(4) Armazenar solo em Becker de 250ml juntamente com 125ml
de solução de água destilada e agente dispersante (hexametafosfato
de sódio, concentração de 45,7 g/cm³), durante 12 h.
4
NBR 7181 – ANÁLISE GRANULOMÉTRICA
Execução do ensaio: SEDIMENTAÇÃO
Laboratório de Solos 2012
(5) Colocar o solo no copo de dispersão e agitar por 15min.;
(6) Colocar o material dispersado na proveta de 1L e completar
com água destilada até a marca de referência;
5
NBR 7181 – ANÁLISE GRANULOMÉTRICA
Execução do ensaio: SEDIMENTAÇÃO
Laboratório de Solos 2012
(7) Agitar a proveta vigorosamente e colocar na mesa, acionando o
cronômetro imediatamente e completar com água destilada até a
marca de referência;
(8) Leituras com o densímetro: 30s, 1min, 2min;
(9) Leituras subsequentes: 4, 8, 15, 30min, 1, 2, 4, 8, 24horas,
sempre lendo a temperatura da proveta com o material;
6
NBR 7181 – ANÁLISE GRANULOMÉTRICA
Execução do ensaio: SEDIMENTAÇÃO
Laboratório de Solos 2012
(10) Após última leitura, verter material na # 0,075mm;
7
NBR 7181 – ANÁLISE GRANULOMÉTRICA
Laboratório de Solos 2012
Execução do ensaio: SEDIMENTAÇÃO – PENEIRAMENTO
FINO
(1) Secar em estufa o material retido na # 0,075mm da
sedimentação;
(2) Peneirar com auxílio de agitador mecânico ou manual,
passando pelas peneiras 1,2 ; 0,6 ; 0,42 ; 0,25 ; 0,15 ; 0,075mm,
pesando as frações retidas.
8
NBR 7181 – ANÁLISE GRANULOMÉTRICA
Laboratório de Solos 2012
Cálculo do ensaio - sedimentação
d = diâmetro máximo das partículas, em mm
n = coeficiente de viscosidade do meio dispersor, a temperatura de ensaio, em g x
s/cm2
a = altura de queda das partículas (ver Anexo)
Qs= porcentagem de solo em suspensão no instante da leitura do densímetro;
N = porcentagem de material que passa na peneira de 2,0 mm, calculado conforme
indicado anteriormente;
v = volume da suspensão, em cm;
L = Leitura do densímetro na suspensão;
Ld= leitura do densímetro no meio dispersor, na mesma temperatura da suspensão;
Mh= massa do material úmido submetido à sedimentação, em g;
w = umidade higroscópica do material passado na peneira de 2,0 mm;
9
NBR 7181 – ANÁLISE GRANULOMÉTRICA
Laboratório de Solos 2012
Cálculo do ensaio – peneiramento fino
Qf= porcentagem de material passado em cada peneira;
Mh= massa do material úmido submetido a sedimentação;
Mi= massa do material retido acumulado em cada peneira;
N = porcentagem de material que passa na peneira de 2.0 mm.
10
Laboratório de Solos 2012
NBR 7181 – ANÁLISE GRANULOMÉTRICA
PLANILHA DE ENSAIO
11

similar documents