A Revolução Técnico-Científico-Informacional e a Globalização

Report
A REVOLUÇÃO
TÉCNICOCIENTÍFICOINFORMACIONAL E A
GLOBALIZAÇÃO

Após a Segunda Guerra Mundial, a ciência e a
tecnologia estão estreitamente ligadas à atividade
industrial e às outras atividades econômicas.

Muitos produtos e equipamentos foram aperfeiçoados e
recriados.

Entre eles os derivados de petróleo, os transitores e
mais recentementemente os chips;

E talvez a mais revolucionária das criações e um dos
equipamentos mais utilizados no século XXI: o
computador.
ENIAC – O PRIMEIRO
COMPUTADOR ELETRÔNICO.
Tinha como
principal
finalidade
fazer cálculos
balísticos.
Esta máquina
não tinha
sistema
operacional e
seu
funcionament
o era parecido
com uma
calculadora
simples de
hoje.

Todas essas mudanças foram interferindo no processo
de produção das fábricas, a tal ponto que esse período
passou a ser conhecido como a TERCEIRA
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL.

A fibra ótica foi um outro material importante no
desenvolvimento tecnológico mundial.

Através
dela,
hoje
navegamos
na
integradora conhecida como INTERNET.
maior
rede

A velocidade crescente da informação resulta de novas
descobertas, que se multiplicam a cada dia.

São novos chips, robôs, supercondutores, satélites de
alta precisão, softwares de automação, hardwares,
biotecnologias.
INSTITUTO NACIONAL
INPE
DE
PESQUISAS ESPACIAS

Algumas dessas inovações tecnológicas surgem em
cidades
especializadas,
conhecidas
como
TECNOPOLOS.

Os tecnopolos têm como objetivo facilitar a criação e
melhoramento de produtos e técnicas.

Alguns dos mais importantes tecnopolos brasileiros
estão no interior o estado de São Paulo, como é o caso
do maior deles, localizado em Campinas.

Outro importante tecnopolo dessa região é a cidade de
São Carlos.

E o maior polo tecnológico na área aeronáutica e
espacial do Brasil localizada na cidade de São José dos
Campos (ITA, Embraer).
INSTITUTO TECNOLÓGICO DE
AERONÁUTICA
EMBRAER
Embraer
terceira maior
fabricante de
aviões
comerciais do
mundo. Atrás
da Airbus e
da Boeing
NEOLIBERALISMO

Consiste em uma prática
político-econômica
que
visa uma redução da
atuação do Estado na
economia.
Desde
então o Estado passou
apenas a preservar a ordem
política e econômica, deixando as
empresas privadas livres para
investirem como quisessem.
A EXPANSÃO DO CAPITALISMO, JUNTAMENTE
COM A REVOLUÇÃO TÉCNICO-CIENTÍFICOINFORMACIONAL E A ABERTURA ECONÔMICA
NEOLIBERAL RECEBEU O NOME DE
GLOBALIZAÇÃO

O termo “globalização” pode ser uma expressão nova,
mas ela vem acontecendo a cerca de 500 anos, através
das explorações coloniais europeias.

Quando os grandes navegantes estavam buscando
terras para colonizar, já existia uma interligação e
uma interdependência entre esses lugares.

A globalização pode ser entendida como a ampliação e
intensificação das trocas comerciais como nunca antes
acontecera e aceleração das trocas de informações em
uma velocidade jamais imaginada.

Estamos
diante
de
uma
rede
de
informações,
COMPLEXA E INVISÍVEL.

Por essa razão recebe o nome de REDE IMATERIAL.

Mesmo invisível pode ser mapeada, o que permite
conhecer a origem e o destino das informações que por
ela circulam.

O processo de globalização estreitou as relações
comerciais entre os países e as empresas.

As multinacionais ou transnacionais contribuíram
para a efetivação do processo de globalização, tendo em
vista que essas empresas desenvolvem atividades em
diferentes territórios.

Atualmente, as grandes empresas não têm mais
fábricas que produzam todas as suas mercadorias em
um mesmo lugar.

Elas se encontram DISPERSAS pelo mundo todo.

A dispersão das fábricas tem uma finalidade básica:
reduzir os custos de produção e aumentar os lucros das
gigantescas corporações empresariais.

Para definir a distribuição das indústrias de uma
grande empresa, é usada a expressão FÁBRICA
GLOBAL.

A dinâmica gerada pela circulação de capitais, pessoas,
mercadorias e serviços devido à produção dessas
empresas, cria uma rede tão complexa quanto à rede
imaterial.

Como essa rede é visível, pois é formada pela
circulação de pessoas e mercadorias, costuma-se
denominá-la de REDE MATERIAL.

Um dos setores mais favorecidos pelo surgimento da
rede imaterial foi o setor financeiro.

A globalização e os avanços tecnológicos permitiram
que transações comerciais e transferências de dinheiro
ocorressem em localidades muito distantes em fração
de segundos.

Em todo o mundo, os investidores nunca tiveram
tantas opções para aplicar seus recursos, por exemplo
na compra de ações de empresas.

As bolsas de valores são os locais onde as ações das
empresas são vendidas e compradas, visando sua
valorização futura.

As bolsas de valores indicam, grosso modo, a
capacidade de uma nação ou região de atrair
investimentos.
BOLSA DE VALORES DE SÃO PAULO

Determinadas bolsas de valores têm peso maior na
economia mundial.

Geralmente são aquelas que movimentam as ações das
maiores transnacionais, localizadas nas cidades mais
importantes do mundo.

Chamadas de CIDADES GLOBAIS, esses centros
financeiros influenciam todo o sistema capitalista.

Esses centros urbanos são os nós das redes e
funcionam como polos que atraem e, ao mesmo tempo,
irradiam informações, dinheiro, tendências da moda e
cultura.
NOVA IORQUE
SÃO PAULO
CONSEQUÊNCIAS DA GLOBALIZAÇÃO

Poluição do meio ambiente.

Exclusão Digital

Exclusão Social e Miséria
PORTANTO...

Globalização é a
integração, e
interdependência
entre os povos,
empresas,
lugares e nações,
e ao mesmo
tempo, é a
fragmentação e
regionalização do
espaço.

similar documents