Plano de ação da Escola Sabatina

Report
[email protected]
Crescimento da Igreja através das Classes da Escola Sabatina
Por Calvin Smith L. - Adaptado por Carlos Sánchez
Problemas da Escola Sabatina
 Diminuição na assistência
 Quase 20% dos adventistas de 4
a 10 anos, nunca estudaram suas
lições
 Um grande número faltosos.
 A maioria dos professores nunca
fizeram um treinamento.
Razões básica para abandonar a igreja
Falta de companheirismo e apoio
Os serviços da Igreja não
satisfazem as necessidades
“Nossas Escolas Sabatinas não são o que
o Senhor deseja que sejam, pois ainda se
confia demais nas formas e
no equipamento, enquanto o vivificante
poder de Deus não se manifesta na
conversão de pessoas por quem Cristo
morreu. Esse estado de coisas deve ser
modificado, para que nossas Escolas
Sabatinas cumpram o propósito pelo qual
existem”. CSES 156,157
“Em cada movimento dos professores e
dirigentes da escola devem-se ver
afeição e amor. A fria formalidade deve
ser substituída por fervoroso zelo e
energia. Por tal forma deve o amor de
Jesus penetrar toda a escola, que os
alunos aprendam a considerar isso como
a mais elevada educação”.
CSES pag. 152
“Quão triste é pensar que na Escola
Sabatina se faz grande soma de
trabalho maquinal, ao passo que é
pequena a evidência de haver
transformação moral na alma dos que
ensinam e dos que são ensinados”
CSES 67
“Na Escola Sabatina, há também
muito a ser feito no sentido de levar o
povo a compreender seu dever e a
desempenhar sua parte. Deus chamaos para Seu trabalho, e os ministros
devem guiar-lhes os esforços”. CSES
184
Objetivos da Escola Sabatina




Alimento espiritual
Companheirismo
Evangelização
Missões mundiais
Vantagens das unidades de ação
1.Oferece a base para os
imperativos básicos para
terminar a obra.
2.Proporciona adesão para
terminar a obra
Imperativos básicos para terminar a obra
“A igreja tem de reconhecer sua
obrigação de levar a toda criatura o
evangelho da verdade presente.”
Serviço Cristão, 111
Imperativos básicos para terminar a obra
“A Escola Sabatina deve ser um dos
maiores instrumentos, e o mais eficaz,
em levar almas a Cristo” CSES, 10
Imperativos básicos para terminar a obra
“A formação de pequenos grupos
como base de esforço cristão, foi-me
apresentada por Aquele que não pode
errar..” (Serviço Cristão,72)
O potencial da Escola Sabatina
1. Proporciona uma excelente
"escola de treinamento".
2. Converte os expectadores em
participantes.
3. Prepara os membros para dar
um testemunho mas efetivo.
4. Habilita os membros para ganhar
e reter os desanimados.
O potencial da Escola Sabatina
5. Ajuda aos membros a alcançar
suas próprias metas.
6. Enfocar aos membros fazer um
esforço mais concentrado e
coordenado.
7. Provê assistência para a maioria
dos projetos e atividades da
igreja.
Plano de ação da Escola Sabatina
 Classes de seis a oito alunos
 Plano para alcançar a
comunidade
 Tempo da classe - uma hora
 Tempo para os membros
ausentes da classe.
 Tempo para alcançar a
comunidade
Plano de ação da Escola Sabatina
 Estudo e aplicação da lição
 Reunião social trimestral com
toda a igreja
 Reunião mensal descontraída
em uma casa para avaliação
 Reunião semanal da classe (se
for de um Pequeno Grupo
Necessidades de classe
 De 6 a 8 membros
 Um coordenador
 Um plano para alcançar a
comunidade
 Tempo
Atividades da classe
1. O professor (5 min) saúda faz o
registro. Cuidado com os
membros ausentes.
2. Coordenador (10 min)
• Solicitar testemunhos relacionados
com o plano da classe.
• Designar visitas.
• Promover o plano da classe.
• Conduzir o momento de oração.
Atividades da classe
3. Desenvolvimento da lição - diretor
do coro, não um solista (35 min)
• Revisar os pontos mais destacados
da lição.
• Fazer 3 ou 4 perguntas.
• Assegurar a plena participação.
• Fazer aplicação da lição da semana
Pontos de discussão em classes
 Estudo geral
 Objetivo da lição
 Preparo de uma breve
introdução.
 Escrever de 3 a 4 perguntas de
discussão e aplicação
 Dar uma visão geral dos pontos
importantes
Pontos de discussão em classes
 Fomentar a participação e ajuda
na aplicação pessoal.
 Resumir - expresse seu
agradecimento pela participação
 Orar para que cada um consiga
aplicar a lição durante a semana
Perguntas importantes:
 De significado:
O que significa este texto para você?
 Aprender da experiência:
Compartilhar uma experiência onde se
cumpriu este texto ou que tenha
significado em sua vida.
Perguntas importantes:
 Aplicação:
Você pensou no que poderia acontecer
nesta semana? Como se pode aplicar
este texto em sua vida nesta semana?
Como você pode utilizar este texto para
alcançar e compartilha com alguém
nesta semana?
O Coordenador deve:
Com tato, entusiasmo, perseverança,
despertar nos membros, amor pelos
ausentes, e criar um grupo de
ganhadores de almas bem treinados.
O Coordenador deve:
 Orar pelo Espírito Santo e por
sabedoria.
 Apresentar os planos missionários
da igreja.
 Conhecer os objetivos do diretor
do Ministério Pessoal.
 Determinar as atividades
missionárias da classe.
O Coordenador deve:
 Orar fervorosamente.
 Compartilhar experiências
emocionantes de outras classes
 Recordar experiências
missionárias que deram resultado.
 Desafiar a cada membro com uma
visão e sonhar alto.
O Coordenador deve:
 Orar de dois em dois por esses
planos.
 Convidar para que os membros
dêem suas opiniões e façam
comentários.
 Anotar todas as sugestões.
 Selecionar algumas idéias ou
propostas viáveis.
 Criar um plano estratégico.
Sete Elementos chave
1. Reunião de planejamento da
classe.
2. Cuidado dos membros que já
não assistem a classe .
3. Tempo para o coordenador:
compartilhar a experiência,
treinar, orar, promover e
designar as visitas.
Sete Elementos chave
4.
5.
6.
7.
Aplicação da lição.
Consultas e avaliação.
Participação com a igreja.
Reuniões de confraternização
nas casas /avaliação
[email protected]

similar documents