Marco Regulatório para Arranjos e Instituições de Pagamento

Report
16ª CONFERÊNCIA ESTADUAL DOS
BANCÁRIOS PARANAENSES
Novas Tecnologias Bancárias
afetando diversas categorias
Correspondentes
e
Mobile Payment
CORRESPONDENTES BANCÁRIOS
“visando ao fortalecimento dos canais de acesso,
desde
2011,
normativos
foram
realizados
consolidando
o
aprimoramentos
modelo
de
correspondentes no país, que, com sua vasta rede
de pontos, reforçam o atendimento prestado pelas
dependências próprias de bancos, levando acesso a
serviços
financeiros
desassistidas
e
a
tornando
localidades
o
acesso
conveniente em grandes centros” (Tombini)
Conveniente para quem?
antes
mais
Crescimento dos Correspondentes Bancários (2003/2013)
Correspondentes
Agências
2003
36.474
16.829
2004
46.035
17.260
2005
69.546
17.627
2006
2007
73.031
95.849
18.087
18.516
2008
108.074
19.013
2009
149.507
20.084
2010
165.228
19.488
2011
160.943
21.278
2012
354.927
22.219
2013
405.248
22.740
Variação no período
1011%
35%
Fonte: Banco Central
% de correspondentes por região do país
Fonte: Banco Central
Acesso à Comunidades
Desassistidas pelos bancos?
O modelo afetou o
trabalho bancário
e o comerciário
Mobile
Payment
Justificativas para o Modelo Brasileiro
“O Crescimento acelerado do setor de
telecomunicações”
273 milhões de celulares no país
- 78% são modelos pré-pagos;
5.564 municípios com cobertura de telefonia móvel,
- 3.598 com cobertura de banda larga 3G (91% da população),
- Terminais 4G já somam 1,8 milhão;
-
-
Experiências de sucesso na África, Ásia, Europa e EUA
(No final de 2013, haviam 219 serviços de mobile em 84 países e
mais de 61 milhões de contas ativas de mobile money).
Fonte: Anatel, mar.2014.
O Mobile Payment tem grande potencial para
diminuir o uso de papel-moeda em circulação
Proposta para o Modelo Brasileiro
Extraído de: IV Fórum de Inclusão Financeira
Extraído de: IV Fórum de Inclusão Financeira
Gastos Acelerados em Tecnologia
Fonte: Pesquisa FEBRABAN de Tecnologia Bancária 2013
Tecnologias em Uso:
SMS/USSD
- O usuário cria uma conta
vinculada a linha telefônica;
- Para realizar algum pagamento, envia
um SMS, informando o número da conta
e o valor a ser creditado;
- Pelo USSD, o usuário digita uma
combinação de símbolos, números ou letras
e confirma a transação por meio de um telefonema.
Mensagens criptografadas/informações não ficam no celular
“CONTA ZUUM”
Mastercard e Telefônica/Vivo
Lançada em maio de 2013, pela Mobile Financial Service (MFS)
é uma joint-venture criada pela Mastercard e a Telefônica/Vivo
- Envio e recebimento de dinheiro;
- Depósitos e recarga de créditos para qualquer celular Vivo;
- Consulta de saldos e pagamento de contas.
Direto pelo celular (qualquer tipo de aparelho),
Sem qualquer aplicativo e sem precisar de conta em banco
- Compras em estabelecimentos que trabalham com a bandeira Mastercard
- Saques em qualquer caixa eletrônico da Rede Cirrus.
- Para compras, há a opção de usar versão física de cartão tradicional.
O Modelo já está crescendo pelo país
A empresa visa atingir todo o Território
Nacional até o final de 2014.
Extraído da Apresentação da Eduardo Abreu - Diretor de Marketing da MFS
“Oi Carteira”
BB e OI/Cielo (“Paggo Soluções”)
- Compras em todos os estabelecimentos credenciados à Rede Cielo;
- Saques em qualquer caixa eletrônico do BB ou nos correspondentes;
- Envio e recebimento de dinheiro entre portadores do Oi Carteira;
(Lançado em maio de 2013, nos mesmos moldes da Conta Zuum)
Carteiras Virtuais
- Usuário precisa ter conta bancário ou
cartão de crédito;
- Pagamentos podem feitos para terceiros
que usem o serviço no celular ou
computador;
(não há troca de dados bancários ou do cartão)
“Meu Dinheiro Claro”
Banco Bradesco e Operadora Claro
- Transações de pagamentos sem necessidade de intermediação financeira.
- Conta de pagamento pré-paga, com abrangência nacional.
- O usuário coloca uma quantia nesse cadastro e utiliza o dinheiro
para realizar saques, transferências entre clientes e recargas, pelo celular.
Não é necessário documentação e nem conta corrente.
Tarifas dos serviços já existentes
Extraído de: http://www.manualdousuario.net/pagamento-via-celular-brasil/
Smartphone como “maquininha” de cartão
- Fornecedor instala o aplicativo do
serviço no celular;
- Na hora da venda, digita o valor e os
dados do cartão do cliente;
- O dinheiro entra na conta definida
do vendedor.
“Conta Conecta” - Santander
- Clientes contratam, junto com a conta corrente, a solução de
pagamentos via celular da empresa iZettle que transforma
smartphones e tablets em leitores de cartões.
- Voltado especialmente para profissionais liberais, autônomos,
pequenos e médios empreendedores – PF ou PJ.
- Amplia o potencial de negócios para quem ainda não trabalha
com cartões, com benefícios como parcelamento de vendas, cinco
a dez dias por mês de uso do cheque especial com isenção de
juros e descontos vinculados à utilização dos serviços do banco.
TIM, CAIXA E MASTERCARD
PRESTES A LANÇAR O
“TIM MONEY”
NFC – Pagamento por Aproximação
- Usuário cadastra cartões de débito e
crédito num aplicativo de carteira virtual;
- Na hora do pagamento, escolhe um deles,
aproxima o celular de um terminal de
pagamento e o valor é debitado.
“TIM MOBILE PAYMENT”
- Sendo desenvolvido em parceria com Banco Itaú, a Martercard,
a Rede (antiga Redecard), a Gemalto, o Banco Bradesco, a
Visa, a Motorola e a LG;
- A Gemalto entra com a solução TSM, permitindo a instalação
remota e segura dos recursos baseados em NFC;
- Esse modelo se restringe ao pagamento por bens e serviços em
estabelecimentos comerciais. Na hora de efetuá-lo, o
comerciante insere o valor na máquina habilitada e o usuário
apenas aproxima o celular dela. O valor é cobrado da conta do
cliente em um dos bancos parceiros — Itaú e Bradesco.
BRADESCO E BANCO DO BRASIL LANÇAM
“CARTEIRA DIGITAL STELO”
Lançada em maio de 2014, a carteira digital administrada pela Stelo
irá armazenar, com segurança, os dados dos cartões de crédito dos
compradores clientes da Stelo e processar transações de pagtos. no
comércio eletrônico.
Na fase de testes, contará com cerca de 200 mil usuários potenciais.
No segundo semestre de 2014, os produtos administrados pela Stelo
estarão disponíveis comercialmente para todos os estabelecimentos
e consumidores e o sistema aceitará diversos meios de pagamentos,
incluindo cartões de crédito, débito e pré-pagos emitidos no Brasil.
Para usá-la, basta que o consumidor se cadastre junto a Stelo para
que os dados de seus cartões e os endereços de cobrança e de
entrega fiquem disponíveis para utilização futura, de forma que nas
operações posteriores o consumidor informar seu login e senha da
carteira digital.
Leitura Óptica
- Usuário aproxima o smartphone ou
tablet do código de barras bidimensional
do produto (QR CODE);
- O valor é debitado da conta cadastrada
no aplicativo do aparelho.
Transações via Mobile Banking
Fonte: CIAB FEBRABAN
Perfil cada vez mais “virtual” dos Usuários
Fonte: CIAB FEBRABAN
Marco Regulatório para
Arranjos e Instituições
de Pagamento
Regras e
Questionamentos
Lei 12.865/2013
Lei 12.865, de 09 de outubro de 2013
“A Lei proporciona condições para regulação e fiscalização
do Bacen sobre os meios de pagamentos do país; (...)
Estimula o Mobile Payment e a Inclusão Financeira,
(...) cria condições básicas para os investimentos”
(Marcelo Araújo Noronha, BCB)
Regulação CMN – BACEN:
-
- Resoluções: 4.282 e 4.283
Circulares: 3.680, 3.681, 3.682 e 3.683
- 3.704 e 3.705 (ajustes)
Arranjos de Pagamento
Extraído das Apresentações do V Fórum de Inclusão Financeira do BCB
Arranjos de Pagamento
(papel do Banco Central)
Extraído de: Aldo Mendes (Seminário Novas Regras para Pagamentos Eletrônicos)
Instituições de Pagamento
Extraído das Apresentações das normas do BCB
Estima-se que 60 empresas estão em fase de pedir autorização
Contas de Pagamento
Extraído de: Aldo Mendes (Seminário Novas Regras para Pagamentos Eletrônicos)
Gerenciamento de Risco
Extraído das Apresentações do V Fórum de Inclusão Financeira do BCB
Gerenciamento de Risco
Extraído das Apresentações do V Fórum de Inclusão Financeira do BCB
Notícias do último CIAB:
ATM’s recicladores de notas

“capaz de reconhecer cédulas e identificar notas
verdadeiras e falsas, permitem que o dinheiro de
depósitos seja reaproveitado para saques, reduzindo o
custo dos bancos com o transporte de valores entre 40%
e 50%, segundo os fabricantes”.

“Para os clientes, eles permitem que o depósito em
dinheiro seja creditado de imediato na conta
(Banrisul e Banpará em parceria com a Saque e Pague já estão
investindo no sistema – 1,5 milhão de transações efetuadas até
maio de 2014 - estima-se que representarão 10% dos caixas
eletrônico até o final de 2016.)
Notícias do último CIAB:
O “Caixa do Futuro”

sistema que tem a estrutura de um caixa eletrônico
acoplado a uma interface de teleconferência para
interação com um funcionário do banco, por meio de
vídeo, em alta definição, em tempo real;

Visando diminuir as filas no atendimento, torna possível
gerenciar os atendimentos de modo que as transações
sejam realizadas com o apoio de especialistas em
determinados serviços;

WiFi Mobile Advisor, solução de consultoria por vídeo
em dispositivos móveis; personalização de produtos e
serviços a partir da identificação do cliente na agência, por
meio de redes sem fio.
Notícias do último CIAB:
Itaú amplia uso de SMS para
atendimento a correntista

O banco disponibilizou para clientes novas funções de SMS
bidirecional, possibilitando que donos de celulares mais
simples possam receber informações de conta corrente e
cartão de crédito;

Ex.: o cliente envia uma mensagem com as palavras "saldo
conta" para o número 4828 e recebe uma resposta com o
saldo da conta corrente. Também podem ser acessadas
informações com extratos da conta e lançamentos no
cartão de crédito, sem precisar de conexão com internet.
Marco Regulatório para
Arranjos e Instituições
de Pagamento
Problemas a serem resolvidos e
questões a serem respondidas
Empresas mais reclamadas no Procon-SP - 2013
operadora
Banco
operadora
Banco
operadora
operadora
Banco
Banco
Banco
Fonte: Procon-SP
Desde 2011, o setor financeiro superou o setor de
telecomunicações no ranking do Sindec
(sistema que integra os Procons de 300 cidades).
Reclamações Crescentes nos
canais do Banco Central
Extraído da Apresentação de Fernando Dutra – Atendimento Institucional - BCB
Riscos Significativos
Extraído da Apresentação de Antonio Fonseca – Subprocurador-Geral da União
- Quem representará os
trabalhadores das novas IP’s?
“Os Correios atuarão como IF a partir
de 2015 e com os pagamentos móveis,
em seguida. Estimam contratar
20 mil trabalhadores”
A qual categoria
pertencerão os
Trabalhadores
das novas I.P.’s?
O que será do mundo
do trabalho diante
desta nova
reestruturação?
Muito Obrigada!
Vivian Machado
[email protected]
Cornélio Procópio, 13 de junho de 2014

similar documents