A evolução do movimento das escolas eficazes, desde o final dos

Report
A evolução do movimento das escolas eficazes, desde o
final dos anos 60, é determinante para o reconhecimento
do estabelecimento de ensino como um novo objecto
científico. Um dos maiores contributos do esforço de
criação de escolas eficazes é a co-responsabilização dos
diferentes actores educativos (professores, alunos, pais,
comunidades), incentivando os espaços de participação e
os dispositivos de partenariado ao nível local.
Antonio Nóvoa
REUNIÃO COM A EQUIPE
GESTORA DAS UNIDADES
ESCOLARES DA DIRETORIA DE
ENSINO – REGIÃO DE BAURU.
EQUIPES: SUPERVISORES E
PCNPS.
ATIVIDADE
1
Em duplas (Diretor e PC ) pensando
na realidade de sua escola, indique
as ações solicitadas no quadro a
seguir.
AÇÕES
INDICADORES
O Plano de trabalho de seu professor está adequado à
execução das ações priorizadas na Proposta Pedagógica?
De um modo geral, quanto do conteúdo da Proposta
Curricular para este ano letivo, o Professor conseguiu
desenvolver até o momento?
Os professores costumam aguardar muito tempo
até que os alunos façam silêncio para iniciar a
aula?
Os tipos de reforço escolar oferecidos pela escola aos
alunos com déficit de aprendizagem são satisfatórios?
A Equipe Gestora da escola considera importante que o
PC tenha em sua rotina momentos de observação de
sala de aula? (utilizando ora dos resultados das
avaliações dos alunos e em outro momento com
objetivo de auxiliar o professor em sua prática)
Os temas propostos na ATPC são de âmbito pedagógico
e das necessidades da escola? Esta é uma preocupação
da Equipe Gestora?
SIM
TOTALMENTE
SIM
PARCIALMENTE
NÃO
NÃO
SEI
EVIDÊNCIAS
O QUE AVALIA
CADERNO 1 – CARACTERIZAÇÃO GERAL DOS
ALUNOS DA REDE ESTADUAL DE ENSINO DE SÃO
PAULO. (P. 1 a 59)
CADERNO 2 - CARACTERIZAÇÃO GERAL DOS
PAIS DE ALUNOS NA REDE ESTADUAL DE
ENSINO DE SÃO PAULO ( P. 63 a 87)
CADERNO 3 – PERFIL DA GESTÃO ESCOLAR:
Professores, Diretores e Professores Coordenadores)
P. 91 a 128.
CADERNOS A SEGUIR:
I – PROFESSORES DO 3° e 5° ANOS DO E. F. (99)
II – PROFESSORES DO 7°, 9° DO E.F. E 3ª SÉRIE DO
E.M. (131)
III – DIRETORES ( 161)
IV – PROFESSORES COORDENADORES (201)
4 – ANÁLISE HIERÁRQUICA DOS FATORES
ASSOCIADOS AO DESEMPENHO DOS ALUNOS .
(239)
Respostas dadas pelos professores ( p. 111)
Seu Plano de trabalho está adequado à execução
3º EF 5º
das ações priorizadas na Proposta Pedagógica? (em
EF
%)
Sim, totalmente.
92,3
49,1
Sim, parcialmente
7,0
50,9
Não
0,1
0,0
Não sei
0,5
0,0
Olhando para as duas primeiras informações, notamos que
metade dos professores conseguem fazer um trabalho que
atende a Proposta Pedagógica. Diante disso pergunta-se:
1. O que trabalham os 50% dos professores que não contemplam
a Proposta?
2. Como devo orientar esses professores para que comecem a
trabalhar a Proposta Pedagógica?
3. Quais entraves têm esses professores?
4. Quais são as suas necessidades formativas?
CUMPRIMENTO DO CURRÍCULO ESCOLAR ( P. 143)
De um modo geral, quanto do conteúdo da
Proposta Curricular para este ano letivo,
você conseguiu desenvolver até o
momento? ( em %) (EF II e EM)
LP
GEO
HIST
MAT
Todo o Programa
5,1
7,4
6,8
4,1
Parcialmente
48,8
50,1
48,6
42,2
Metade
5,6
5,4
5,9
7,0
Menos da Metade
0,7
0,2
0,2
0,4
OBSERVAR:
1. Esta resposta dada no final do ano é possível para esses professores
(50%) cumprirem o conteúdo da Proposta Curricular?
2. Se sim, como isso seria feito? Com profundidade ou no “raso”? Se não
que medidas tomar?
3. Quais seriam as razões para apenas , na média geral 5,9% , cumprirem
a Proposta?
4. Foram propostos na escola momentos para essa reflexão?
Respostas dos alunos (p. 25, 27, 29 e 31 )
Os professores costumam aguardar muito tempo
até que os alunos façam silêncio para iniciar a
aula? (7º; 9º e 3º EM) ( em %)
7º Ano 9º
Ano
3º EM
Língua Portuguesa
49,2
55
58,2
Matemática
42,1
47,9
52,3
História
39,9
45,9
49,8
Geografia
39
44,9
50,0
Para pensar...
1. O que fazem os professores (50%) do total que não
aguardam silêncio para iniciar sua aula?
2 . Eles já foram ouvidos?
3. Desses 50% que não esperam para iniciar sua aula,
somente 5% cumprem o currículo. Como justificar?
Tipo de reforço (Sala de RI) ( PC) (em %)
P.220
LP
MAT
Aulas de reforço/recuperação – alunos com baixo
desempenho
97,1
93,6
Acompanhamento especial por membros da equipe
escolar
41,8
Horário de atendimento aos alunos para apoio de
estudos
26,5
Aulas de atividades especialmente programadas
para a progressão parcial dos alunos do EM (PPP)
11,0
Para Refletir...
1. Quem são os alunos que frequentam a sala de reforço? (perfil)
2. Quais os parâmetros de observação dessas turmas pelo PC? (foco)
3. Como o Diretor da escola é informado sobre o andamento dessas
turmas?
4. Quem organiza o projeto de recuperação que deverá ser trabalhado
pelo professor que pegar essas aulas? Há participação de outros
professores?
Utilização dos resultados das avaliações dos alunos, segundo
Diretores e Professores Coordenadores das unidades escolares.
(em %) ( P. 194 e 223)
Na escola os resultados dos alunos são
utilizados para:
PC
DIRETOR
Avaliar o trabalho dos professores
36,3
39,2
Rever as práticas pedagógicas
80,6
78,1
Retomar os conteúdos e habilidades em que os
alunos apresentam dificuldades.
94,3
92,5
Para Refletir...
1. Qual o foco para avaliar o trabalho do professor? Sua concepção?
Sua capacidade de síntese? Seu conhecimento a respeito do assunto
ou a sua didática com os alunos?
2. Há uma devolutiva do PC para o professor após essa
avaliação/observação?
3. Há uma reflexão sobre isso?
Tema predominante na Unidade Escolar, segundo Diretores e PCs ( em %)
(P. 188 e 218)
Assuntos Predominantes em ATPC
Encaminhamentos práticos para a implementação do
currículo?
Acompanhamento da Proposta Pedagógica
PC
Diretor
6,2
5,5
11,1
12,3
Análise e busca de soluções para os problemas de
aprendizagem e rendimento escolar
67,3
67,2
Supervisão e controle das atividades pedagógicas
1,3
1,6
Discussão e proposição de solução para problemas detectados.
3,3
1. Pelo que vimos no cumprimento do currículo (50%) dos professores
conseguiram, o tema que encabeça a lista não deveria ser tratado
mais vezes?
2. E o segundo item?
3. Se não há acompanhamento das atividades pedagógicas, como
buscar soluções para os problemas de aprendizagem?
3,7
Vocês receberam duas folhas para realizar as
atividades propostas abaixo.
ATIVIDADE 2.
Após toda a reflexão que fizemos, faça um breve relato das
ações que acredita serem necessárias antes da reunião do
Planejamento para 2013.
ATIVIDADE 3.
Faça um esquema de como pretende que a equipe gestora da
escola organize os dias do planejamento.
Após toda a reflexão que fizemos, preencha o quadro abaixo.
AÇÕES
EXISTENTES ( O que
a escola já faz)
Necessárias ( O que a
escola passará a
fazer)
RESPONSÁVEIS
ENVOLVIDOS
SUP
OF
PED.
DIR
P
C
PROF
OUTROS
NOMES
UNIDADE ESCOLAR
DIRETOR
SUPERVISOR
PROFESSOR COODENADOR
ANOS INICIAIS
PROFESSOR COORDENADOR 6°
AO 9° ANO EF.
PROFESSOR COORDENADOR
ENSINO MÉDIO
ATIVIDADE 3
Faça um esquema de como pretende que sua equipe gestora organize os dias do Planejamento na
Escola.
O Núcleo Pedagógico deseja a todos

similar documents