Área de Concentração do PPGRHS

Report
Área de concentração: contextualização e relação com linhas de pesquisa
Cronologia
















> 1 milhão a.c. (Primeiros homens) - Colonização (e vida nômade)
10.000 a.c. (Neolítico-Pedra Polida) - Agricultura (e sedentarismo) no sudoeste da Ásia
9.000-8.000 a.c. – Pastoreio
8.000 a.c. – Poços escavados na Mesopotâmia (Jericó)
7.000-5.000 a.c. – Babilônios associam doenças à contaminação de águas e passam a captar água diariamente
4.000 a.c. – Controle de rios como forma de dominação dos povos que habitavam regiões de jusante na Mesopotâmia
3.750 a.c. – Coletores de esgoto (Babilônia)
3.200 a.c. – Escrita, domesticação de animais e mineração (Anatólia)
3.000 a.c. – Drenagem de pântanos para irrigação (Sumérios)
2.500 a.c. – Navegação (Comércio entre Egito e Biblos)
2.600-1.900 a.c. – Dutos (tijolo e argamassa de barro) escoam águas servidas (Mohenjo Daro e Harappa, vale do rio
Indo)
2.750-1.450 a.c. –Sistema de canalização de água limpa e de esgotos, além de privada com descarga na europa (Creta)
691 a.c. – Sistema público de abastecimento de água (aqueduto de Jerwan, Assíria)
600 a.c. – Cloaca máxima drena águas residuais e lixo para o rio (Roma)
500 a.c. - Empédocles de Agrigento associa malária aos pântanos
400 a.c. - Hipócrates (pai da medicina) descobre que purificação de águas para abastecimento previne infecção
Cronologia


















Século XIII – Rodas d’água transformam energia hidráulica em mecânica
1784 – James Watt inventou a bomba hidráulica movida a vapor.
Século XIX – Conjunto turbina-gerador substitui rodas d’água.
1804 - Gibbs inventou o filtro lento na Inglaterra.
1854 - John Snow durante a epidemia de cólera em Londres demonstrou influência de poço contaminado.
1880 - Ebert isolou o bacilo da febre tifóide.
1881 - Carlos Finlay, em Cuba, comunicou que o agente transmissor da Febre Amarela é um mosquito.
1885 - Escherichia identificou o bacilo coli que recebeu o seu nome Escherichia coli.
1895 e 1897 - Charles Hermany & W. Fuller instalaram o filtro rápido.
1897 - Woodheard empregou o hipoclorito de cálcio na desinfecção da água.
1847 – Vasos sanitários são conectados aos sistemas de esgotos (tout à l’egout, Inglaterra). Mau cheiro estimula estudos
e medidas para tratamento prévio ao despejo de águas
1867 – Associação de doenças à água em meio urbano
1906 - Houston empregou a cloração a gás.
1911 - Foi empregado carvão ativado - Holanda.
1920 - Imhoff iniciou o tratamento de águas residuárias.
1945 - Cox iniciou a fluoretação da água.
1953 - o SESP realizou, pela primeira vez no Brasil, em Baixo Guandu - ES, a fluoretação de um sistema de
abastecimento de água.
1927 – 1ª cloração de águas no Brasil
Cronologia





Década de 40 – Primeiras relações entre vazões e comportamento de peixes
Década de 60 – primeiros alertas quanto às ameaças relacionadas aos efluentes industriais; Sistematização da AIA
(EUA).
Década de 70 – Regulações passam a considerar limitação de lançamento de efluentes e restrições a operações de
barragens para manutenção de habitats físicos de espécies de interesse; Aplicação de dispositivos para armazenamento
e infiltração de águas em meio urbano; Planejamento da drenagem em escala de bacia
Década de 90 – Vazões ambientais consideram demandas do ecossistema; Construção de bio-retenções como
dispositivo de controle da drenagem
2007 - Vazões ambientais passam a ser definidas pela sociedade a partir da escolha de bens e serviços a serem
produzidos
•> 1 milhão a.c. (Primeiros homens) - Colonização (e vida nômade);
•10.000 a.c. (Neolítico-Pedra Polida) - Agricultura (e sedentarismo)
sudoeste da Ásia;
•9.000-8.000 a.c. – Pastoreio.


no
No período Neolítico, com o desenvolvimento da agricultura surgiram as primeiras aldeias a produção de
lixo e águas servidas favoreceu a proliferação de ratos e insetos e e o início da poluição dos rios.
Os primeiros gatos domesticados eram muito úteis para caçar os ratos que atacavam os celeiros de grãos.
•8.000 a.c. – Poços escavados na Mesopotâmia (Jericó)
•7.000-5.000 a.c. – Babilônios associam doenças à contaminação de águas e
passam a captar água diariamente
ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA IDADE ANTIGA
 Com o surgimento das cidades,
na Idade Antiga e o crescimento
da população foi necessário
desenvolver
projetos
de
engenharia para condução e
armazenamento de água
 Procurando fontes de água no
subsolo, foram cavados poços,
que
inicialmente
rasos,
chegaram até 450 m
de
profundidade,
como
construídos pelos chineses
os
 Tem-se notícia de que existiam coletores de esgoto em Nippur (Babilônia)
desde 3.750 A.C.
 O primeiro sistema público de abastecimento de água, o aqueduto de Jerwan,
foi construído na Assíria em 691 A.C.
CANALIZAÇÃO DE ESGOTO - ESHUNNA/BABILÔNIA
JOELHO E JUNTA DE CANALIZAÇÃO EM CERÂMICA
(IRAQUE) E
O CONTROLE DAS ÁGUAS ENTRE OS EGÍPCIOS

Os egípcios dominavam técnicas sofisticadas de irrigação do solo na agricultura e métodos de
armazenamento de líquido, pois dependiam das enchentes do Nilo.
•Uma característica das antigas cidades do vale do rio Indo (2600 a 1900 a.C) , como
Mohenjo Daro e Harappa era a sofisticação do sistema de encanamento pelos quais a água
servida corria para dutos ou esgotos centrais.
•As ruas eram largas, pavimentadas e drenadas por esgotos cobertos. Esses canais de
escoamento ficavam cerca de meio metro abaixo do nível do pavimento e, geralmente,
eram construídos em alvenaria de tijolos com uma argamassa de barro.
 A civilização minóica se desenvolveu na ilha de Creta, no mar Egeu, entre 2700 a.C. e 1450
a.C.
 Teve como principal centro a cidade de Cnossos. O termo "minóico" deriva de Minos, título
dado ao rei de Creta.
 Em Cnossos, fica o famoso palácio, com seu majestoso terraço, seus pátios inferiores, sua
decoração mural, seu gigantismo .
 seu sistema de drenagem foi construído em pedra e terracota, com um coletor ou
emissário final das águas residuais (águas pluviais e de excreta) que descarregava o
efluente a uma distância considerável da origem.
 As precipitações freqüentes e intensas na região resultavam na ocorrência cíclica de
condições de auto-limpeza.
 Tem-se notícia de que existiam coletores de esgoto em Nippur (Babilônia) desde 3.750 A.C.
 O primeiro sistema público de abastecimento de água, o aqueduto de Jerwan, foi
construído na Assíria em 691 A.C.
CANALIZAÇÃO DE ESGOTO - ESHUNNA/BABILÔNIA
JOELHO E JUNTA DE CANALIZAÇÃO EM CERÂMICA
(IRAQUE) E
 A Cloaca Máxima é uma das mais
antigas redes de esgotos do mundo.
 construída nos finais do século VI
a.C. pelos últimos reis de Roma,
com base na engenharia etrusca,
com a finalidade de drenar as águas
residuais e o lixo, para o rio Tibre.
 o sistema original era um canal a
céu aberto que seria
progressivamente coberto devido às
exigências do espaço do centro
citadino.
 A Cloaca Máxima foi mantida em
bom estado durante toda a idade
imperial.
Século XIII – Rodas d’água transformam energia hidráulica em mecânica
1784 – James Watt inventou a bomba hidráulica movida a vapor.
Século XIX – Conjunto turbina-gerador substitui rodas d’água.
1804 - Gibbs inventou o filtro lento na Inglaterra.
1885 - Escherichia identificou o bacilo coli que recebeu o seu nome Escherichia coli.
1895 e 1897 - Charles Hermany & W. Fuller instalaram o filtro rápido.
1847 – Vasos sanitários são conectados aos sistemas de esgotos (tout à l’egout,
Inglaterra). Mau cheiro estimula estudos e medidas para tratamento prévio ao
despejo de águas
1867 – Associação de doenças à água em meio urbano
1920 - Imhoff iniciou o tratamento de águas residuárias.
1927 – 1ª cloração de águas no Brasil
•1945 - Cox iniciou a fluoretação da água.
•1953 - o SESP realizou, pela primeira vez no Brasil, em Baixo Guandu - ES, a
fluoretação de um sistema de abastecimento de água.
Década de 40 – Primeiras relações entre vazões e comportamento de peixes
•Década de 60 – primeiros alertas quanto às ameaças relacionadas aos efluentes
industriais; Sistematização da AIA (EUA).
•Década de 70 – Regulações passam a considerar limitação de lançamento de
efluentes e restrições a operações de barragens para manutenção de habitats físicos
de espécies de interesse; Aplicação de dispositivos para armazenamento e infiltração
de águas em meio urbano; Planejamento da drenagem em escala de bacia
•Década de 80 – Energia renovável
•Economia movida a hidrogênio
•Honda, Toyota e General Motors anunciaram planos para comercializar veículos com células a
combustível em algum momento entre 2010 e 2020.
Década de 90 – Vazões ambientais consideram demandas do ecossistema;
Construção de bio-retenções como dispositivo de controle da drenagem
PPGRHS
Área de concentração
 Recursos Hídricos: Esforço para
maximizar oportunidades e minimizar
ameaças naturais
 Geração de impactos colaterais
negativos (ameaças geradas pela
sociedade)
 Saneamento: Esforço para maximizar
oportunidades ao minimizar ameaças
naturais e geradas pela sociedade
 Saneamento básico: abastecimento de
águas, destinação de águas servidas,
águas de chuva e resíduos sólidos
 Planejamento e Gestão em escala de
município/bacias
Linhas de pesquisa
 Tratamento de efluentes
 Planejamento, gestão e tecnologias
 Modelagem de processos ambientais
 De regressão simples a
procedimento numérico complexo
Referências
 Wikipédia - Anexo:Cronologia da história do mundo
 http://www.vaclib.org/basic/history.htm
 Sonia Rosalie Buff. SANEAMENTO BÁSICO: Como tudo começou...
www.eloambiental.org.br
 Rebouças et al. 2006. Águas doces no Brasil: capital ecológico, uso e
conservação. 3ª edição. São Paulo: Escrituras Editora.
 http://www1.uol.com.br/bibliot/linhadotempo/
 Christopher Freire Souza. 2009. Vazões ambientais em hidrelétricas: Belo
Monte e Manso. Tese de doutorado. Instituto de Pesquisas Hidráulicas.
Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

similar documents