Apresentação do PowerPoint - Sistema OCB/SESCOOP-RO

Report
O QUE É OCB/RO?
Órgão que representa e defende os
interesses do Sistema Cooperativista
no Estado de Rondônia.
Missão
Representar o sistema cooperativista,
respeitando a sua diversidade e
promovendo a eficiência e a eficácia
econômica e social das cooperativas.
Visão
Ser reconhecida como entidade de excelência,
promotora
da
sustentabilidade
do
cooperativismo e da promoção socioeconômica
das pessoas que o integram.
OCB:
• OCB é responsável pela promoção, fomento e
defesa do sistema cooperativista, em todas as
instâncias políticas e institucionais.
• É de sua responsabilidade também a
preservação e o aprimoramento desse
sistema, o incentivo e a orientação das
sociedades cooperativas.
Conquistas...
• Aprovação da Lei complementar 714/2.013 de
apoio e incentivo ao Cooperativismo POLICOOP
• Leis municipais ( Vilhena, Jarú, Cacoal e Urupá)
• Parcerias: SEDES, JUCER, SENAR, SEBRAE, CRC.
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL OCB-RO
FONTE DE RECURSOS
•TAXA DE MANUTENÇÃO:
Essa taxa é definida no Art. 33 inciso III do Estatuto
Social da OCB-RO.
•CONTRIBUIÇÃO SINDICAL:
Uma vez ao ano com vencimento dia 30 de janeiro,
conforme Portaria aprovada pelo MTE nº 488, de 23 de
Novembro de 2005.
•CONTRIBUIÇÃO COOPERATIVISTA:
Uma vez ao ano com vencimento dia 30 de maio,
conforme instituída pelo artigo 108 e seus parágrafos da
Lei nº 5.764/71.
SENDO...
Contribuição Cooperativista:
• 60% PARA UNIDADE ESTADUAL
• 40% PARA UNIDADE NACIONAL
Contribuição Sindical:
• 60% Unidade Estadual
• 20% Ministério Trabalho e Emprego
• 15% Federações
• 5% Confederações
O QUE É O
SESCOOP?
O SESCOOP:
O
SESCOOP
Serviço
Nacional
de
Aprendizagem do Cooperativismo, foi criado
pela Medida Provisória n.º 1.715, de 3 de
setembro de 1998 e suas reedições.
As Administrações Estaduais
Para o desenvolvimento de suas ações, o SESCOOP,
desde o seu primeiro ano de atividades, em 1999,
estabeleceu-se e estruturou-se nas 27 unidades da
Federação, cada uma com seus Conselhos
Administrativo e Fiscal Estaduais, contando com
centros próprios, integrados e atuando sob a forma de
cooperação com órgãos públicos ou privados.
Vinculação ao Setor Público:
Criado por disposição legal, o SESCOOP está vinculado
ao MTE – Ministério do Trabalho e Emprego, que
aprecia e aprova seu orçamento.
Missão
Promover o desenvolvimento do Cooperativismo de
forma integrada e sustentável, por meio da formação
profissional, da promoção social e do monitoramento
das cooperativas, respeitando sua diversidade,
contribuindo para sua competitividade e melhorando
a qualidade de vida dos cooperados, empregados e
familiares.
Visão
Ser reconhecido por sua excelência em sua
formação profissional cooperativista,
como
promotor da sustentabilidade e da autogestão
das cooperativas e como indutor da qualidade
de vida e bem-estar social de cooperados,
empregados e familiares.
OBJETIVOS
Organizar, administrar e executar a formação
profissional dos empregados, dirigentes e
cooperados das cooperativas rondonienses;
Operacionalizar o monitoramento, a supervisão,
a certificação de regularidade técnica e os
princípios, doutrina e ética do cooperativismo.
Origem dos recursos
O SESCOOP é mantido pelas próprias cooperativas que
contribuem compulsoriamente com um valor de 2,5%
sobre a folha de pagamento dos seus empregados,
através da GFIP.
Funcionamento do SESCOOP
O SESCOOP Nacional recebe recursos do Governo
Federal, repassados através do INSS, referente à
Contribuição Social das Cooperativas Brasileiras;
Cada Estado da federação,
administração do SESCOOP;
sedia
uma
Funcionamento do SESCOOP
O SESCOOP Estadual elabora o Plano de Trabalho
anual que é apresentado ao Conselho
Administrativo Estadual do SESCOOP para
apreciação e aprovação e posteriormente é
encaminhado ao SESCOOP Nacional;
Funcionamento do SESCOOP
• Os recursos são repassados ao SESCOOP
Estadual, proporcionalmente às contribuições
feitas pelas cooperativas do Estado e
mediante apresentação de um Plano de
Trabalho Anual;
• O SESCOOP Estadual presta contas ao
SESCOOP Nacional que consolida as
prestações de contas encaminhando-as para
o Tribunal de Contas da União – TCU.
Funcionamento do
SESCOOP/RO
O SESCOOP/RO planeja suas atividades de capacitação,
promoção social, e monitoramento a partir das
demandas que são levantadas por ele e a partir de
agora dos ADC´s nas cooperativas.
As atividades que são levantadas pelo SESCOOP/RO são
planejadas e realizadas diretamente por ele são
chamadas atividades centralizadas.
Funcionamento do
SESCOOP/RO
PLANEJAMENTO 2014
OUTUBRO 2013
REFORMULAÇÃO
AGOSTO DE 2014
PRESTAÇÃO DE
CONTAS
MARÇO 2015
ESTRUTURA ORGANIZACIONAL SESCOOP-RO
Áreas de Atuação
Monitoramento
Formação Profissional
Promoção Social
MONITORAMENTO
Visa manter a qualidade da gestão das
empresas cooperativas,
credibilidade
perante terceiros, transparência perante o
quadro social e principalmente a garantia da
continuidade da cooperativa, cumprindo
seus objetivos sociais.
FORMAÇÃO PROFISSIONAL
Visa organizar, administrar e executar o ensino
de formação profissional dos colaboradores
em cooperativas e dos cooperados, bem
como assistir as sociedades cooperativas
empregadoras na elaboração e execução de
programas de treinamento e na realização de
aprendizagem metódica e contínua.
PROMOÇÃO SOCIAL
Visa a integração e bem estar social dos trabalhadores
em cooperativas, dos cooperados e de seus
familiares. Busca através da ação social a melhoria da
atuação de todos os envolvidos direta e
indiretamente na gestão das cooperativas, através da
implementação de benefícios voltados à saúde, lazer,
esportes, cultura e integração social da família na
comunidade e intercooperativas.
PÚBLICO ALVO
• Cooperativas contribuintes e adimplentes;
• Cooperados e dependentes;
• Funcionários das Cooperativas e dependentes.
Órgãos de Fiscalização
•
•
•
•
•
Conselho Fiscal
Auditoria Interna
Auditoria Externa
CGU
TCU
Contato do Sistema :
Rua Quintino Bocaiúva 1671, Bairro São Cristovão
Telefone: (69) 3229-2866

similar documents