o que há de novo em patologia ungueal

Report
Ana Maria Tchornobay
[email protected]
• Ultrassom
bom para:
Tumores císticos(cistos mixóides,sinoviais)
Hematomas
Abscessos
não serve para:
Tumores sólidos (CEC, MM)
• Doppler
bom para:
Tumores vasculares
Estudo de fluxo sanguineo
• Imagem espacial em tempo real (múltiplas
tomadas em ângulos diferentes)
• Ressonância magnética de alta resolução
detecta lesões de até 1mm :
tu glômicos,
cistos mixóides,
epidermóides,
onicomatricoma,
exostoses,
osteocondromas
• Tomografia de coerência óptica (imagens do tecido
patológico “in situ” de alta resolução)
Detecta elementos fúngicos “in vivo”
• Microscopia confocal (visualiza estruturas celulares até
a profundidade de µm300)
• Microscopia de epiluminescência (dermatoscopia)
capilares, melanoníquias, discromias e outras alterações.
• > 50% das doenças ungueais
• Prevalência
10% da população
60% dos idosos
• Padrão ouro: KOH + Cultura
KOH boa sensibilidade e baixa especificidade
Cultura baixa sensibilidade e boa especificidade
• PAS bom mas pouco utilizado
Wilsmann et al: sensibilidade:
PAS 82% > cultura 53% > KOH 48%
• Fungos não dermatófitos
Critérios mais rigorosos
Padrão ouro: micologia tradicional
KOH+ e Cultura + isolamento repetido 2 a 3 x e ausência de
crescimento de dermatófitos
Obs: controvérsia sobre o nº de inóculos necessários
AP útil para ver invasão da lâmina porém não específico
Tto de escolha atual: terbinafina (para dermatófitos)
Tópicos: amorolfina
ciclopirox
Resposta: < 50%
Recorrência 10 – 53%
Controverso: uso de amorolfina a cada 15 dias para prevenção de
recorrências
Novos azólicos
Triazólicos de 2ª geração
Pramiconazol
Posaconazol
Ravuconazol
Albaconazol
Voriconazol
Novos antifúngicos
Echinocandins
Sordarins
•
•
•
•
FÍSICOS
Laser transungueal
Iontoforese (sistema
iontoforético eletrocinético
transungueal de terbinafina
gel)
Terapia fotodinâmica (ALA
20% + Laser de 630nm a
100j/cm)
UVC
•
•
•
•
•
•
•
QUÍMICOS
NM 100060
econazol 5%
SEPA 18% esmalte
Nanoemulsão (NB-002)
IDP-108
Ciclopoli 8% esmalte
NA-2690
• 1,45 – 17,6%
Scopulariopsis brevicaulis
Fusarium sp
Aspergillus sp
Scytalidium dimidiatum
Acremonium
Melhor resposta: S.brevicaulis e Aspergillus para Terbinafina e
Itraconazol
Melhor opção: tto combinado com debridamento químico ou
cirúrgico
• TTOS CLÁSSICOS (acitretin, MTX, ciclosporina, fototerapia)
Melhor: ciclosporina
• TTOS BIOLÓGICOS
Melhor resposta: Infliximab e Adalimumab
PULSED DYE LASER
• Multifatorial
• Papel confirmado de irritantes e alergenos
• Melhor: associação de antifúngicos com
corticóides tópicos ou tacrolimus

similar documents