aee - SEAC Escola de Educação Profissional

Report
AEE –
ATENDIMENTO
EDUCACIONAL
ESPECIALIZADO
PARA ALUNOS COM
SURDEZ
Cleusa Santos Haetinger
[email protected]
AEE …
 oferece
oportunidades
para
o
reconhecimento das potencialidades e
capacidades, favorecendo o pleno
desenvolvimento e a aprendizagem;
 construção e reconstrução de vivências e
experiências estabelecendo uma teia de
relações no processo de informações;
 Metodologia vivencial de aprendizagens
(processo investigativo);
AEE…
 práticas
articuladas que levem o aluno a
aprender a aprender, numa abordagem
bilíngue;
 Ambiente
de aprendizagem que
potencialize a capacidade de pensar de
cada um, questionar e entrar em
conflito com novas idéias;
 uso de recursos e materiais
diversificados;
A PRÁTICA PEDAGÓGICA DO
AEE…
 parte
dos contextos de
aprendizagem definidos pelo
professor da sala regular envolvendo
os conteúdos curriculares;
 o professor do AEE desenvolve
atividades complementares;
PLANO AEE
 inicia-se
com o estudo de caso das
habilidades e necessidades
educacionais específicas do aluno;
 busca vencer as barreiras enfrentadas
no processo de escolarização;
AEE em LIBRAS
fornece uma base conceitual dos conteúdos
curriculares desenvolvidos na sala de aula;
 ocorre no horário oposto ao da
escolarização;
 possibilita a ampliação da relação dos alunos
com o conhecimento;
 parceria com os professores da sala regular;
 estudo de termos científicos próprio das
áreas específicas em Libras;

 Identificação, organização
e produção
de recursos didáticos acessíveis a
serem utilizados para ilustrar as aulas
na sala de aula regular e no AEE, além
de estratégias de dramatização e
outras que contribuam para a
formação de diferentes conceitos;
 os
recursos visuais são essenciais;
 uso de diversos materiais dispostos
em murais, livros, painéis, fotos sobre
os conteúdos, etc.
O CAMINHO METODOLÓGICO
PARA O ENSINO DA LIBRAS NO
AEE
 Planejar o ensino da Libras a partir
dos aspectos que envolvem sua
aprendizagem, como:
referenciais visuais, anotação em
língua
portuguesa,
datilologia
(alfabeto
manual),
parâmetros
primários
e
secundários,
classsificadores e sinais.
O AEE deve ser planejado…
 com
base
na
conhecimento que
respeito da Libras;
 de acordo com
desenvolvimento da
aluno se encontra;
avaliação
do
o aluno tem a
o estágio de
língua em que o
O AEE para o ensino da
Língua Portuguesa
A proposta didático-pedagógica para ensinar o
portugues escrito para os alunos orienta-se na
concepção bilíngue - Libras e Português escrito.
 Para Soares (2003), “o letramento, como
resultado da ação de ensinar, ou de aprender a ler
e escrever, configura um estado ou condição que
adquire um grupo social ou um indivíduo como
consequência de ter-se apropriado da escrita.
Considera que o letramento traz consequências,
políticas, econômicas, culturais para os indivíduios
e grupos que se apropriam da escrita, fazendo
com que esta se torne parte de suas vidas como
meio de expressão e comunicação.”

ATIVIDADES PEDAGÓGICAS
ENVOLVENDO LINGUAGENS E VIVÊNCIAS
Para fases iniciais de aprendizagem da língua
portuguesa:
 Expressão corporal;
 Expressão artístico-cultural;
 Dramatização;
 Contextualização de situações vividas;
 Aula-passeio;
 Sessão de filmes.
Para a leitura:
 Leitura de ícones, sinais, índices, símbolos e
signos linguísticos;
 Leitura visual de imagens;
 Leitura de texto escrito: texto, frases,
palavras, sílabas, letras;
 Interpretação/compreesão por meio do
desenho;
 Interpretação/compreensão por meio da
escrita: aplicação das condições de produção
de gêneros textuais e discursivos.
Para a escrita:
 Do desenho à palavra – da palavra ao
desenho;
 Da frase ao desenho – do desenho à
frase;
 Do texto ao desenho – do desenho ao
texto;
 Escrita de diferentes gêneros textuais.
Para a descoberta da escrita: linguagens
lúdicas
 Brincadeiras;
 Jogos interativos;
 Jogos eletrônicos;
 Informática;
 Livros.

CONCLUINDO
 Vê-se
a importância de superar
modelos conservadores da escola
comum e gestar formas de fazer uma
educação escolar inclusiva pautada
no reconhecimento e na valorização
das diferenças.
REFERÊNCIAS

ALVES, Carla Borbosa. A Educação
Especial na Perspectiva da Inclusão
Escolar: abordagem bilíngue na
escolarização de pessoas com surdez.
Brasília: Ministério da Educação, Secretaria
de Educação Especial; (Fortaleza):
Universidade Ferderal do Ceará, 2010.

similar documents